SEG, 10 de DEZ, 19h00 // Teatro e Empoderamento Feminino

Por ocasião do Dia Internacional dos Direitos Humanos, dia 10 de Dezembro 2018, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa pretende assinalar este dia, que também marca o último dia dos 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género de 2018, com uma sessão às 19h00 “Teatro e Empoderamento Feminino”, com a actriz feminista brasileira Nina Rocha.

Brincando em Cima Daquilo Outra Vez, é uma experiência teatral que promove o diálogo sobre os direitos de livre expressão, escolha e convivência.

Teatro E Empoderamento Feminino CCIFUMAR

Ficha artística:

Dramaturgia: Franca Rame e Dario Fo
Tradução: Roberto Vignati e Michele Piccoli
Design Gráfico: Vital Lordelo
Design de luz: Rogério Candido
Sonorização rádio: Janete El Haouli e José A. Mannis
Vozes em off: Arlete Montenegro, Nina Rocha e Roberto Vignati

Produção: MCD produções e @NinaRochaAtriz

Evento, aqui. Entrada livre!

 

 

Anúncios

Dias 21 e 22 de Novembro no CCIF/UMAR!

Na semana antecessora dos 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género de 2018, a UMAR convida para os dois eventos que realizaremos em Lisboa no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) nos dias 21 e 22 de Novembro.

QUA, 21 de Novembro às 18h30 // À Conversa com Mulheres Arquitectas

Na próxima 4.ª feira, 21 de Novembro pelas 18h30 teremos uma sessão do ciclo “À Conversa com…” na qual teremos a oportunidade de conhecer as arquitectas Patrícia Santos Pedrosa e Diana Bugado da associação fundada em 2017 “Mulheres na Arquitectura”. Esta associação visa a reflexão e a acção no âmbito da equidade de género nas várias práticas no fazer arquitectura, cidade e território.

mulheres arquitectas

QUI, 22 de Novembro às 15h00 // Lançamento do Relatório 2018 do Observatório de Mulheres Assassinadas da UMAR

Sessão de lançamento e apresentação dos dados do relatório anual de 2018 do Observatório de Mulheres Assassinadas (OMA) da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta na próxima 5.ª feira 22 de Novembro às 15h00 pelas técnicas e membros da equipa coordenadora do Observatório, Elisabete Brasil e Sónia Soares.

logo_oma           2305_feminicidios_620x350

Desde 2004 que a UMAR divulga os resultados dos relatórios anuais do Observatório de Mulheres Assassinadas (OMA ) sobre os femicídios e suas tentativas em Portugal estando todos eles disponíveis para consulta no nosso site em: http://www.umarfeminismos.org/index.php/observatorio-de-mulheres-assassinadas

Entrada livre em ambas as sessões.

Saudações feministas da UMAR

QUA, 25 JUL 18h00 // Violência de Género na Gravidez, Parto e Criação

Esta conferência “Violência de Género na Gravidez, Parto e Criação” realiza-se em no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) numa parceria com o Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (CIES-IUL) e a Associação Portuguesa pelos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto.

A convidada é Serena Brigidi, antropóloga e activista com um longo e rico trajecto no âmbito das questões de género na gravidez, parto e criação. Imperdível para quem se interessa pela perspectiva de género e feminista nestas fases do ciclo de vida das mulheres e sobre a violência obstétrica como forma de violência de género.

37627840_2139029953048972_5437563149471449088_n

A sessão proporcionará algumas reflexões em torno das áreas e estruturas da violência obstétrica: quem são os/as sujeitos/as envolvidos/as; como se desenvolve e como, nas nossas sociedades, o processo de socialização determina uma representação violenta do parto.

Serena Brigidi é doutorada em Antropologia Médica, investigadora e docente na Facultat de Ciències de la Salut i Benestar de la Universitat de Vic e na Universitat Rovira i Virgili, trabalha sobre temas de género e saúde no contexto da gravidez, parto e cuidado das crianças. É co-fundadora do MATER – observatório das maternidades e paternidades contemporâneas, sócia de DONA LLUM – associação catalã para um parto respeitado e co-coordenadora do OVO – observatório da violência obstétrica de Espanha.

Para saber mais sobre Serena, consulte https://www.linkedin.com/in/serenabrigidi/

QUI, 01 MAR 18h00 // Apresentação do livro de Maria Antónia Palla “Só Acontece aos Outros. Histórias de Violência” pela escritora Inês Pedrosa

Fevereiro está a acabar mas iniciamos o novo mês de Março com várias actividades!

Esta quinta-feira, dia 1 de Março às 18h00 terá lugar no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) a apresentação do recentemente reeditado livro histórico de Maria Antónia Palla, “Só Acontece aos Outros. Histórias de Violência”.

A apresentação estará a cargo da escritora Inês Pedrosa e contará com a participação da autora.

apresentação do livro só acontece aos outros. histórias de violÊncia

A obra publicada pela Sibila, é uma reedição do livro publicado pela Bertrand em 1979 e que se tornou numa referência dos feminismos em Portugal, pela forma como deu a conhecer a violência cometida contra mulheres e crianças no país. Uma compilação de reportagens, casos reais recolhidos antes e depois do 25 de Abril, publicados n’O Século Ilustrado nos anos 1970.

A impressionante actualidade dos temas e casos abordados faz-nos reflectir sobre (a lentidão d)as mudanças sociais.

A entrada é livre.

SEG, 15 JAN 18h00 // Debate “Violação, Crime Público?” com Clara Sottomayor e Elisabete Brasil

 

A violação como crime público não tem sido um assunto consensual entre vários sectores da sociedade portuguesa. A prová-lo, está o debate feito no Parlamento em 2014.

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, na sequência dos acontecimentos com jovens mulheres em Braga e no Porto em 2017, pretende reavivar este debate, procurando suscitar uma mudança que, dispensando a apresentação de queixa por parte da vítima, a possa também proteger.

Entendemos que a sociedade não pode invisibilizar mais este crime, ao colocar a responsabilidade nas vítimas e, por outro lado, que a justiça deve dar sinais inequívocos da sua condenação, não revitimizando as vítimas.

violacaocrimepublico

O debate no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) contará com a participação de Clara Sottomayor, juíza do Supremo Tribunal de Justiça e de Elisabete Brasil, Directora Executiva para a área da Violência de Género da UMAR.

Entrada livre.

Evento no Facebook, aqui.

 

TER, 27 JUN, 18h-20h // Workshop Violência no Namoro

Na próxima 3.ª feira, 27 de Junho, a Universidade Feminista organiza, juntamente com o Projecto Arthémis+ da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, um workshop no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) dirigido a profissionais que trabalham na área da violência de género, sobre violência no namoro.

O workshop será dinamizado pelas técnicas da UMAR, Ana Guerreiro e Tatiana Mendes.

A participação é gratuita, bastando inscrever-se para o e-mail universidadefeminista@gmail.com, indicando nome, contacto e profissão.

Ws Violencia Namoro

 

 

2ª edição do curso de formação certificada “Violência Sexual: Compreender e Intervir” // inscrições abertas!

Devido à grande afluência de inscrições para o Curso de Formação Certificada Violência Sexual: Compreender e Intervir, haverá uma 2ª edição nos próximos dias 30 e 31 de Janeiro (entre as 10h-13h e 14h-17h) e no dia 2 de Fevereiro (entre as 10h-13h) no Centro de Cultura e Intervenção Feminista CCIF/UMAR em Lisboa, Alcântara.

A 2ª edição deste curso de formação de 15 horas sobre violência sexual é também certificada e será dinamizado pela formadora Vanessa Mendoza Cortes.

O curso de Formação Violência Sexual – Compreender e Intervir tem como objectivos: conhecer e aprofundar saberes sobre o fenómeno da violência sexual e intervir com as mulheres vítimas deste crime.

Vanessa Mendoza Cortes é psicóloga especialista em violências sexuais. Fundou a associação Sakura-Onna em Barcelona e a Associação “Stop Violencies” em Andorra. Trabalha desde 2009 em diversos serviços de atenção a mulheres, rapazes e raparigas vítimas de violências.

Ficha de inscrição, programa e mais informações no site da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta www.umarfeminismos.org

NOTA: antes de efectuar o pagamento, solicitamos o envio da ficha de inscrição para o e-mail forumar.lisboa@gmail.com para confirmação da mesma.

Cartaz_Formação Violência Sexual_2ªedSaudações feministas!

27, 28 e 29 Janeiro // Curso de Formação Certificada “Violência Sexual: Compreender e Intervir”

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta promoverá nos dias 27, 28 e 29 Janeiro, um curso de formação certificada de 15 horas sobre violência sexual, dinamizado pela formadora Vanessa Mendoza Cortes. A formação será realizara em Lisboa, nas instalações do Centro de Cultura e Intervenção Feminista CCIF/UMAR, em Alcântara.

O curso de Formação Violência Sexual – Compreender e Intervir tem como objectivos: conhecer e aprofundar saberes sobre o fenómeno da violência sexual e intervir com as mulheres vítimas deste crime.

Vanessa Mendoza Cortes é psicóloga especialista em violências sexuais. Fundou a associação Sakura-Onna em Barcelona e a Associação “Stop Violencies” em Andorra. Trabalha desde 2009 em diversos serviços de atendimento a mulheres, rapazes e raparigas vítimas de violências.

Cartaz_Formação Violência Sexual

Cartaz, Programa e Ficha de Inscrição aqui.

As inscrições deverão ser remetidas para o email forumar.lisboa@gmail.com juntamente com o comprovativo de pagamento.

Saudações feministas.

QUA, 10 de Dezembro 18h30 // Apresentação do Relatório 2014 do Observatório de Mulheres Assassinadas

No âmbito dos 16 dias de Activismo contra a Violência de Género, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista após a sessão de visionamento do documentário «A partir do Zero» produzido pelo findo Projecto ISI promovido pela UMAR  – União de Mulheres Alternativa e Resposta (com o apoio financeiro do POPH, QREN e FSE) e que contou com a presença da realizadora Margarida Cardoso e do comentário da Prof.ª Dália Costa, acolherá também, na próxima 4ª feira dia 10 de Dezembro, um outro evento a marcar a luta feminista diária da UMAR contra a violência de género.

logo_oma

Deste modo, no Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 de Dezembro pelas 18h30, serão apresentados e comentados os dados de 2014 do Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) da UMAR.

Referimos também que o OMA faz este ano 10 anos de actividade e que todos os relatórios anuais estão disponíveis para consulta gratuita no portal da UMAR http://www.umarfeminismos.org.

E com este acto, a nossa associação termina a sua intensa e empenhada campanha dos 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género de 2014. Contamos com a tua presença para este momento no dia 10 de Dezembro às 18h30 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa, Alcântara.

Podes também seguir e partilhar as nossas actividades no nosso facebook: http://www.facebook.com/CentroCulturaFeministaCCIFUMAR

01NOV2014
A 1 de Novembro de 2014 a UMAR, juntamente com a AMCV e APMJ promoveram uma acção evocativa em homenagem às mais de 400 mulheres contabilizadas pelo OMA desde 2004, assassinadas em Portugal pela mão dos seus (ex) companheiros íntimos. A acção decorreu em Lisboa, junto à Maternidade Alfredo da Costa.

 

 

SEX, 5 de Dezembro, 18h30 // Exibição do documentário “Partir do Zero”

Convite para o visionamento no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) na próxima 6ª feira, 5 de Dezembro pelas 18h30, do documentário “Partir do Zero” realizado por Margarida Cardoso no âmbito do projecto “ISI – Informar e Sensibilizar para a Intervenção Contra a Violência de Género”, promovido pela associação UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta.

Para este evento, contamos com a presença da realizadora Margarida Cardoso e o comentário de Dália Costa, Professora no ISCSP – ULisboa e vice-coordenadora do CIEG – Centro Interdisciplinar de Estudos de Género.

10409600_10152698295659760_4619815739500082758_n