O CCIF/UMAR Fora de Portas! Sessão Assédio Sexual na Biblioteca Ana de Castro Osório

Na próxima 5.ª feira, 28 de Fevereiro às 18h00 na Biblioteca Ana de Castro Osório, inserida na Biblioteca Municipal de Belém (Rua da Junqueira, 295 – Lisboa) o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), no âmbito desta parceria, organizará uma sessão sobre assédio sexual.

Participarão duas dirigentes da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, Ana Beatriz Rodrigues e Joana Sales, que intervirão sobre a problemática do assédio sexual e o papel de movimentos feministas para a desocultação e combate a este flagelo.

Ana Beatriz Rodrigues, de Coimbra, é bióloga e activista feminista no núcleo da UMAR em Coimbra. É uma das autoras do Estudo Preliminar da UMAR contra o Assédio Sexual em Contexto Académico, divulgado em 2018.

Joana Sales, coordenadora do CCIF/UMAR tem desenvolvido activismo feminista nesta área, tendo sido técnica no projecto da UMAR “Assédio Sexual. Quebrar Invisibilidades. Construir uma Cultura de Prevenção e Intervenção”.

assedio sexual

A moderação estará a cargo da mestranda no ISCTE-IUL Sara Lee Almeida.

Evento, aqui.

Entrada livre.

Anúncios

SÁB, 26 JAN às 15h00 // Mulheres excisadas em França: a reconstrução da genitália

Esta sessão “Mulheres excisadas em França: a reconstrução da genitália” no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) vem na esteira de um longo percurso de intervenção da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta nesta área específica e contará com a participação da activista francesa contra a mutilação genital feminina, Adia Sakira, que abordará a situação das mulheres submetidas a esta prática no contexto dos processos de reconstrução da genitália neste país.

mgf_26 jan final

Envolvida há mais de 10 anos em projectos de serviço social, animação e educação popular em França, Adia Sakira, acompanha jovens na construção de seu projecto profissional.

Também é activista sobre as questões da igualdade de género e no combate e prevenção da mutilação genital feminina.  Faz parte da Associação «Excision, Parlons-en!» (Paris – França) http://www.excisionparlonsen.org/

*A oradora falará em francês e haverá tradução em português.
Entrada livre.

SEG, 10 de DEZ, 19h00 // Teatro e Empoderamento Feminino

Por ocasião do Dia Internacional dos Direitos Humanos, dia 10 de Dezembro 2018, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa pretende assinalar este dia, que também marca o último dia dos 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género de 2018, com uma sessão às 19h00 “Teatro e Empoderamento Feminino”, com a actriz feminista brasileira Nina Rocha.

Brincando em Cima Daquilo Outra Vez, é uma experiência teatral que promove o diálogo sobre os direitos de livre expressão, escolha e convivência.

Teatro E Empoderamento Feminino CCIFUMAR

Ficha artística:

Dramaturgia: Franca Rame e Dario Fo
Tradução: Roberto Vignati e Michele Piccoli
Design Gráfico: Vital Lordelo
Design de luz: Rogério Candido
Sonorização rádio: Janete El Haouli e José A. Mannis
Vozes em off: Arlete Montenegro, Nina Rocha e Roberto Vignati

Produção: MCD produções e @NinaRochaAtriz

Evento, aqui. Entrada livre!

 

 

Dias 21 e 22 de Novembro no CCIF/UMAR!

Na semana antecessora dos 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género de 2018, a UMAR convida para os dois eventos que realizaremos em Lisboa no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) nos dias 21 e 22 de Novembro.

QUA, 21 de Novembro às 18h30 // À Conversa com Mulheres Arquitectas

Na próxima 4.ª feira, 21 de Novembro pelas 18h30 teremos uma sessão do ciclo “À Conversa com…” na qual teremos a oportunidade de conhecer as arquitectas Patrícia Santos Pedrosa e Diana Bugado da associação fundada em 2017 “Mulheres na Arquitectura”. Esta associação visa a reflexão e a acção no âmbito da equidade de género nas várias práticas no fazer arquitectura, cidade e território.

mulheres arquitectas

QUI, 22 de Novembro às 15h00 // Lançamento do Relatório 2018 do Observatório de Mulheres Assassinadas da UMAR

Sessão de lançamento e apresentação dos dados do relatório anual de 2018 do Observatório de Mulheres Assassinadas (OMA) da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta na próxima 5.ª feira 22 de Novembro às 15h00 pelas técnicas e membros da equipa coordenadora do Observatório, Elisabete Brasil e Sónia Soares.

logo_oma           2305_feminicidios_620x350

Desde 2004 que a UMAR divulga os resultados dos relatórios anuais do Observatório de Mulheres Assassinadas (OMA ) sobre os femicídios e suas tentativas em Portugal estando todos eles disponíveis para consulta no nosso site em: http://www.umarfeminismos.org/index.php/observatorio-de-mulheres-assassinadas

Entrada livre em ambas as sessões.

Saudações feministas da UMAR

QUA, 25 JUL 18h00 // Violência de Género na Gravidez, Parto e Criação

Esta conferência “Violência de Género na Gravidez, Parto e Criação” realiza-se em no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) numa parceria com o Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (CIES-IUL) e a Associação Portuguesa pelos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto.

A convidada é Serena Brigidi, antropóloga e activista com um longo e rico trajecto no âmbito das questões de género na gravidez, parto e criação. Imperdível para quem se interessa pela perspectiva de género e feminista nestas fases do ciclo de vida das mulheres e sobre a violência obstétrica como forma de violência de género.

37627840_2139029953048972_5437563149471449088_n

A sessão proporcionará algumas reflexões em torno das áreas e estruturas da violência obstétrica: quem são os/as sujeitos/as envolvidos/as; como se desenvolve e como, nas nossas sociedades, o processo de socialização determina uma representação violenta do parto.

Serena Brigidi é doutorada em Antropologia Médica, investigadora e docente na Facultat de Ciències de la Salut i Benestar de la Universitat de Vic e na Universitat Rovira i Virgili, trabalha sobre temas de género e saúde no contexto da gravidez, parto e cuidado das crianças. É co-fundadora do MATER – observatório das maternidades e paternidades contemporâneas, sócia de DONA LLUM – associação catalã para um parto respeitado e co-coordenadora do OVO – observatório da violência obstétrica de Espanha.

Para saber mais sobre Serena, consulte https://www.linkedin.com/in/serenabrigidi/

QUI, 01 MAR 18h00 // Apresentação do livro de Maria Antónia Palla “Só Acontece aos Outros. Histórias de Violência” pela escritora Inês Pedrosa

Fevereiro está a acabar mas iniciamos o novo mês de Março com várias actividades!

Esta quinta-feira, dia 1 de Março às 18h00 terá lugar no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) a apresentação do recentemente reeditado livro histórico de Maria Antónia Palla, “Só Acontece aos Outros. Histórias de Violência”.

A apresentação estará a cargo da escritora Inês Pedrosa e contará com a participação da autora.

apresentação do livro só acontece aos outros. histórias de violÊncia

A obra publicada pela Sibila, é uma reedição do livro publicado pela Bertrand em 1979 e que se tornou numa referência dos feminismos em Portugal, pela forma como deu a conhecer a violência cometida contra mulheres e crianças no país. Uma compilação de reportagens, casos reais recolhidos antes e depois do 25 de Abril, publicados n’O Século Ilustrado nos anos 1970.

A impressionante actualidade dos temas e casos abordados faz-nos reflectir sobre (a lentidão d)as mudanças sociais.

A entrada é livre.

SEG, 15 JAN 18h00 // Debate “Violação, Crime Público?” com Clara Sottomayor e Elisabete Brasil

 

A violação como crime público não tem sido um assunto consensual entre vários sectores da sociedade portuguesa. A prová-lo, está o debate feito no Parlamento em 2014.

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, na sequência dos acontecimentos com jovens mulheres em Braga e no Porto em 2017, pretende reavivar este debate, procurando suscitar uma mudança que, dispensando a apresentação de queixa por parte da vítima, a possa também proteger.

Entendemos que a sociedade não pode invisibilizar mais este crime, ao colocar a responsabilidade nas vítimas e, por outro lado, que a justiça deve dar sinais inequívocos da sua condenação, não revitimizando as vítimas.

violacaocrimepublico

O debate no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) contará com a participação de Clara Sottomayor, juíza do Supremo Tribunal de Justiça e de Elisabete Brasil, Directora Executiva para a área da Violência de Género da UMAR.

Entrada livre.

Evento no Facebook, aqui.

 

TER, 27 JUN, 18h-20h // Workshop Violência no Namoro

Na próxima 3.ª feira, 27 de Junho, a Universidade Feminista organiza, juntamente com o Projecto Arthémis+ da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, um workshop no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) dirigido a profissionais que trabalham na área da violência de género, sobre violência no namoro.

O workshop será dinamizado pelas técnicas da UMAR, Ana Guerreiro e Tatiana Mendes.

A participação é gratuita, bastando inscrever-se para o e-mail universidadefeminista@gmail.com, indicando nome, contacto e profissão.

Ws Violencia Namoro

 

 

2ª edição do curso de formação certificada “Violência Sexual: Compreender e Intervir” // inscrições abertas!

Devido à grande afluência de inscrições para o Curso de Formação Certificada Violência Sexual: Compreender e Intervir, haverá uma 2ª edição nos próximos dias 30 e 31 de Janeiro (entre as 10h-13h e 14h-17h) e no dia 2 de Fevereiro (entre as 10h-13h) no Centro de Cultura e Intervenção Feminista CCIF/UMAR em Lisboa, Alcântara.

A 2ª edição deste curso de formação de 15 horas sobre violência sexual é também certificada e será dinamizado pela formadora Vanessa Mendoza Cortes.

O curso de Formação Violência Sexual – Compreender e Intervir tem como objectivos: conhecer e aprofundar saberes sobre o fenómeno da violência sexual e intervir com as mulheres vítimas deste crime.

Vanessa Mendoza Cortes é psicóloga especialista em violências sexuais. Fundou a associação Sakura-Onna em Barcelona e a Associação “Stop Violencies” em Andorra. Trabalha desde 2009 em diversos serviços de atenção a mulheres, rapazes e raparigas vítimas de violências.

Ficha de inscrição, programa e mais informações no site da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta www.umarfeminismos.org

NOTA: antes de efectuar o pagamento, solicitamos o envio da ficha de inscrição para o e-mail forumar.lisboa@gmail.com para confirmação da mesma.

Cartaz_Formação Violência Sexual_2ªedSaudações feministas!

27, 28 e 29 Janeiro // Curso de Formação Certificada “Violência Sexual: Compreender e Intervir”

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta promoverá nos dias 27, 28 e 29 Janeiro, um curso de formação certificada de 15 horas sobre violência sexual, dinamizado pela formadora Vanessa Mendoza Cortes. A formação será realizara em Lisboa, nas instalações do Centro de Cultura e Intervenção Feminista CCIF/UMAR, em Alcântara.

O curso de Formação Violência Sexual – Compreender e Intervir tem como objectivos: conhecer e aprofundar saberes sobre o fenómeno da violência sexual e intervir com as mulheres vítimas deste crime.

Vanessa Mendoza Cortes é psicóloga especialista em violências sexuais. Fundou a associação Sakura-Onna em Barcelona e a Associação “Stop Violencies” em Andorra. Trabalha desde 2009 em diversos serviços de atendimento a mulheres, rapazes e raparigas vítimas de violências.

Cartaz_Formação Violência Sexual

Cartaz, Programa e Ficha de Inscrição aqui.

As inscrições deverão ser remetidas para o email forumar.lisboa@gmail.com juntamente com o comprovativo de pagamento.

Saudações feministas.