O CCIF/UMAR fora de portas! Nos próximos dias 6, 7 e 8 de Abril em Santiago de Compostela, Galiza!

Pelo segundo ano consecutivo, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR),  através da nossa associação, a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, participa na organização dos Encontros Itinerantes de Mulheres da Lusofonia. Mulheres, Territórios e Memórias. Em 2017, o I Encontro de Mulheres da Lusofonia decorreu em Vilar de Santos, concelho de Ourense (Galiza) e este ano será em Santiago de Compostela, também na Galiza.

II ENCONTRO MULHERES DA LUSOFONIA (1).jpg

As entidades organizadoras do II Encontro de Mulheres da Lusofonia: Mulheres, territórios e memórias são a Academia Galega da Língua Portuguesa, a Associação Pró-AGLP, e a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta. O encontro visa criar uma rede plural feminista de mulheres do espaço lusófono, potenciando um entrecruzamento de diálogos, de experiências e de conhecimento.

O II Encontro Mulheres da Lusofonia conta com o apoio da

  • Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa dos Observadores Consultivos da CPLP
  • Concelho de Santiago de Compostela
  • Livraria Lila de Lilith – Santiago de Compostela
  • Museu do Aljube. Resistência e Liberdade – Lisboa
  • Projeto Cárcere – Corunha/Galiza
  • Marcha Mundial das Mulheres-Galiza
  • Plataforma Feminista Galega
  • Ondjango Feminista – Angola
  • Fórum Mulher – Moçambique

O programa (infra) reflete o carácter feminista, anticolonial e internacionalista destes encontros de mulheres dos países de expressão portuguesa.

A entrada é livre, sujeita a inscrição (gratuita) para mulhereslusofonia@gmail.com

PROGRAMA:

Programa II Encontro_ final

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta participará no painel Entre o Ativismo e a Pesquisa. Mulheres na Resistência (com a participação do nosso projeto Memória e Feminismos e no painel Feminismos no Espaço Lusófono. Estará ainda nas mesas de abertura e de encerramento.

Mais informação em: http://www.facebook.com/mulheresdalusofonia

Contamos convosco e/ou com a vossa divulgação! Obrigada!

 

Anúncios

SÁB, 8 JUL, 14h30-18h00 // A voz de feministas num percurso de 40 anos

Este Sábado, Seminário do Projecto Memória e Feminismos “A voz de feministas num percurso de 40 anos”, promovido pela UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, com o apoio da pequena subvenção da CIG – Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, que decorrerá no dia 8 de Julho entre as 14h30 e as 18h00 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Alcântara, Lisboa.

O evento contará com as intervenções de:

  • Adriana Bebiano, Entre o recato e o escândalo a reivindicação do corpo pela escrita
  • Anália Torres, Feminismos: do ativismo à academia, reflexões a partir de um percurso pessoal
  • Eduarda Ferreira, Lésbicas e movimento feminista: presenças, partilhas e invisibilidades
  • Helena Neves, Revista Mulheres: aparição e escândalo
  • Manuela Tavares, 40 anos de percursos e desafios
  • Regina Tavares da Silva, Igualdade e direitos das mulheres – sinais de mudança na visão institucional
  • Teresa Sales, sessão de abertura e moderação do debate
  • Teresa Fragoso (Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género).

 

Entrada livre. Evento, aqui.

memorias_40_anos

Saudações feministas da UMAR

SEX 30JUN, SÁB 01JUL e DOM 02JUL // Primeiras Jornadas: Prisões e Mulheres

e7056e_85dd1aced1f44d618a733939bd6268e8~mv2

As Primeiras Jornadas: Prisões e Mulheres têm origem no trabalho colectivo de diversas pessoas (com trabalho em associações, organizações e projetos académicos comprometidos com a defesas dos direitos das pessoas presas e suas famílias) que estão a organizar este evento com a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta e o OEP – Observatório Europeu das Prisões.

As Primeiras Jornadas: Prisões e Mulheres decorrerão em Lisboa, no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) no seguinte horário:

  • 6.ª feira, 30 de Junho (18h00-21h00)
  • Sábado, 1 de Julho (10h00-21h00)
  • Domingo, 2 de Julho (10h00-13h30)

Inscrições gratuitas mas obrigatórias, aqui.

Evento: www.facebook.com/jornadas.prisoes.mulheres.2017/

Portal do evento: https://jornadasprisoesemu.wixsite.com/2017

Programa: https://jornadasprisoesemu.wixsite.com/2017/programacao

mulheres e prisoes

QUI, 29 de Setembro // 5.º Aniversário do Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR)!!!

Na próxima 5.ª feira, 29 de Setembro, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista na cidade de Lisboa (CCIF/UMAR) faz 5 anos!

Desde Setembro de 2011, imensas, variadas e participadas actividades culturais e de intervenção, juntaram associadas, amigas/os, activistas, académicas/os e demais pessoas de vários quadrantes, de Portugal e do estrangeiro em torno dos feminismos.

Foram 5 anos de partilhas e de descobertas feitas em conjunto, a grande maioria de acesso livre, abertas a toda a população.

Vamos comemorar este 5.º aniversário, com um convívio onde também será apresentada a colecção bibliográfica infanto-juvenil feminista e inclusiva do Centro de Documentação e Arquivo Feminista da UMAR, prova de uma das principais prioridades da nossa associação: a igualdade e a desconstrução de estereótipos de género na educação.

Entrada livre!

ccif-2016-lucida-bright

Evento: www.facebook.com/events/1519529041407209/

Saudações feministas da UMAR

 

QUI, 23 Junho | 18h00 | Tertúlia Gestação de Substituição

Na próxima 5.ª feira, 23 de Junho, a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, associação que tem como missão defender os direitos das mulheres nas leis e na vida, o que passa também pela informação e esclarecimento, promove uma Tertúlia sobre Gestação de Substituição na sua sede nacional / Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), para ajudar a esclarecer dúvidas sobre este tema, debatido este ano no parlamento e cuja proposta aprovada foi vetada no início deste mês pelo actual Presidente da República.

13501637_10154009028284760_3708799947283504272_n

Mais informações, no evento do Facebook.

Saudações feministas da UMAR.

SEX, 22 JAN, 18h30 // As Mulheres na Agricultura e os Movimentos Feministas

O Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) inicia 2016 com uma sessão dedicada à causa ambientalista, numa parceria entre a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta e a FAO – Food and Agriculture Organization of the United Nations: “As Mulheres na Agricultura e os Movimentos Feministas”.

Com a participação de Sofia Saro e de Hélder Muteia, representante da FAO em Portugal e junto da CPLP.

A não perder, 6.ª feira, 22 de Janeiro às 18h00!

Cartaz Mulheres na Agricultura CCIF

 

Fotos do 39.º Aniversário da UMAR (1976-2015)!

No passado dia 12 de Setembro, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) acolheu uma festa de aniversário da UMAR – União de  Mulheres Alternativa e Resposta com um convívio animado pela actuação do grupo musical Ars Nova de Manhouce. Ars Nova significa “Arte Nova” e conta com as jovens e muito promissoras vozes de Adriana Gomes, Ana Rita, Susana Alves e Cíntia Gomes e com a direcção musical de António Alexandrino.

Neste evento, foi também constituída a comissão promotora da comemoração dos 40 anos da UMAR para o próximo ano.

Mais informação e fotografias deste evento em: https://www.facebook.com/CentroCulturaFeministaCCIFUMAR

2016 será mais um marco importante da história da nossa associação, fundada em 1976!

1545845_964112846978747_6885057169239091055_n

11990666_964112793645419_3289756090222718793_n

12027495_964112903645408_522369728200118892_n

QUA, 10 de Dezembro 18h30 // Apresentação do Relatório 2014 do Observatório de Mulheres Assassinadas

No âmbito dos 16 dias de Activismo contra a Violência de Género, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista após a sessão de visionamento do documentário «A partir do Zero» produzido pelo findo Projecto ISI promovido pela UMAR  – União de Mulheres Alternativa e Resposta (com o apoio financeiro do POPH, QREN e FSE) e que contou com a presença da realizadora Margarida Cardoso e do comentário da Prof.ª Dália Costa, acolherá também, na próxima 4ª feira dia 10 de Dezembro, um outro evento a marcar a luta feminista diária da UMAR contra a violência de género.

logo_oma

Deste modo, no Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 de Dezembro pelas 18h30, serão apresentados e comentados os dados de 2014 do Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) da UMAR.

Referimos também que o OMA faz este ano 10 anos de actividade e que todos os relatórios anuais estão disponíveis para consulta gratuita no portal da UMAR http://www.umarfeminismos.org.

E com este acto, a nossa associação termina a sua intensa e empenhada campanha dos 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género de 2014. Contamos com a tua presença para este momento no dia 10 de Dezembro às 18h30 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa, Alcântara.

Podes também seguir e partilhar as nossas actividades no nosso facebook: http://www.facebook.com/CentroCulturaFeministaCCIFUMAR

01NOV2014
A 1 de Novembro de 2014 a UMAR, juntamente com a AMCV e APMJ promoveram uma acção evocativa em homenagem às mais de 400 mulheres contabilizadas pelo OMA desde 2004, assassinadas em Portugal pela mão dos seus (ex) companheiros íntimos. A acção decorreu em Lisboa, junto à Maternidade Alfredo da Costa.

 

 

SEX, 5 de Dezembro, 18h30 // Exibição do documentário “Partir do Zero”

Convite para o visionamento no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) na próxima 6ª feira, 5 de Dezembro pelas 18h30, do documentário “Partir do Zero” realizado por Margarida Cardoso no âmbito do projecto “ISI – Informar e Sensibilizar para a Intervenção Contra a Violência de Género”, promovido pela associação UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta.

Para este evento, contamos com a presença da realizadora Margarida Cardoso e o comentário de Dália Costa, Professora no ISCSP – ULisboa e vice-coordenadora do CIEG – Centro Interdisciplinar de Estudos de Género.

10409600_10152698295659760_4619815739500082758_n

SEX, 24 OUT, 18h00 // Evento Final do Projecto “Laboratório para a Igualdade através do Teatro Fórum”

No Evento Final do Projecto” Laboratório para a Igualdade através do Teatro Fórum”, serão apresentados os resultados dos laboratórios de Teatro do/a Oprimido/a realizados com mulheres sobre igualdade e violência de género e os produtos finais.

Haverá também uma exposição fotográfica e um delicioso lanche! 🙂

Este projecto foi uma parceria do Grupo de Teatro do Oprimido de Lisboa e a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta , entre 2013 e 2014.

A entrada é livre e o evento realizar-se-á no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Alcântara, um dos locais que acolheu os encontros dos Laboratórios para a Igualdade através do Teatro Fórum.

Convite evento final