QUI, 31 OUT 16h00 // Assédio e Mulheres Migrantes

Na próxima 5.ª feira, 31 de Outubro entre as 16 e as 19h o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) acolherá a tertúlia “Assédio e Mulheres Migrantes” organizada em parceria da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta com a Casa do Brasil de Lisboa no âmbito do seu Projecto “Migrante Participa Fora de Portas – Caminhos para Igualdade”, baseando-se na experiência realizada no âmbito do Projecto Migrante Participa: Caminhos para Igualdade, ambos financiados pelo Programa de Apoio ao Associativismo Imigrante (PAAI).

Este Projecto e tertúlia pretendem fomentar espaços de partilha de experiências e conhecimentos sobre temas relacionados com as mulheres migrantes em Portugal.


undefined

Convidadas:
Andressa Lopes: Membro da Comissão de Apoio às Brasileiras no Exterior (CABE); Técnica da Casa do Brasil de Lisboa; Membro do Grupo Educar de Educação em Portugal; Membro da APEB Coimbra. Mestre em Direito (FDUC), Pesquisadora e Ativista na área de Direitos Humanos, Direitos das Mulheres e Direito Migratório.

Cátia Fortes: Licenciada em Psicologia e Criminologia e recentemente mestre em Criminologia, com tese sobre assédio sexual nas ruas portuguesas, com foco nas minorias étnicas. Colabora com várias organizações feministas e anti-racistas.

Joana Sales: Activista feminista interseccional, é membro da direcção da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta. Técnica de projectos sociais com enfoque no género, nomeadamente no projecto “Assédio Sexual. Quebrar Invisibilidades. Construir uma Cultura de Prevenção e Intervenção”, participou também na dinamização de iniciativas sobre o tema, como a Rota dos Feminismos contra o Assédio Sexual.

Num ambiente informal despenderemos uma tarde a trocar experiências, perspectivas e propostas sobre um tema que infelizmente toca a todas as mulheres e as migrantes com especial enfoque.

Entrada livre!



SEG, 26 FEV 18h00 // Sessão Múltiplas Discriminações: Mulheres Imigrantes

Na próxima semana, 2.ª feira 26 de Fevereiro às 18h00, teremos no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) a segunda sessão do ciclo “Múltiplas Discriminações” do Projecto da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, Memória e Feminismos, sobre Mulheres Imigrantes.

As convidadas são quatro mulheres imigrantes em Portugal, de regiões representativas de grandes vagas imigratórias para o país: América do Sul, África (PALOP) e Leste Europeu.

As intervenientes serão:

  • Carla Fernandes, jornalista, fundadora do RádioBlog Afrolis em 2014;
  • Cyntia de Paula, psicóloga comunitária, Presidente da Casa do Brasil de Lisboa;
  • Alina Dudcó, Presidente da associação Kalina – Associação dos Imigrantes de Leste;
  • Patrícia Peret, advogada especialista em direito migratório e direito civil.
    ImigrantesCCIFUMAR

Um debate a não perder. Ver evento.

Entrada livre.

TER, 23 Setembro, 18h00 // Violência d(e) Gênero na Literatura Brasileira

A oradora convidada da sessão “Violência (d)e Gênero na Literatura Brasileira” a realizar no Centro de Cultura e Intervenção e Intervenção Feminista na próxima 3ª feira, 23 de Setembro pelas 18h00 é Constância Lima Duarte, pesquisadora do CNPq e Prof.ª de Literatura Brasileira na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais.

A temática a abordar será a violência (d)e género na literatura brasileira, com enfoque na literatura afro-brasileira e na obra da escritora Conceição Evaristo.

Conceição Evaristo, afro-brasileira, nascida em 1940 numa favela de Belo Horizonte é actualmente uma activista, académica e escritora com obras traduzidas em vários idiomas, embora ainda seja pouco conhecida pelo grande público. Os seus livros, em especial o romance Ponciá Vicêncio, de 2003, abordam temas como a discriminação racial, de género e de classe.

ConceicaoEvaristoLegenda da fotografia: Escritora Conceição Evaristo, 2ª a contar da esq.; Prof.ª Constância Lima Duarte, 4ª a contar da esq.

Artigo sobre Conceição Evaristo:
http://blogueirasfeministas.com/2011/11/conceicao-evaristo/

Textos seleccionados pela UFMG: http://www.letras.ufmg.br/literafro/data1/autores/43/textosselecionados.pdf

Contamos com a vossa inestimável presença!

Organização do evento: CCIF/UMAR e CLEPUL – Centro de Culturas e Literaturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa.

Dom, 9 Março 15h // Lutar contra os estereótipos raciais

Este Domingo, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) receberá a palestra/diálogo “Lutar contra os estereótipos raciais: descolonizar a mente e consciência negra” num momento em que se vê como imperioso discutir o racismo num contexto de consciência negra em Portugal.

Vários temas serão abordados e debatidos como: conceito de raça e eurocentrismo; estereótipos raciais da/o africana/o; consequências da manutenção de estereótipos raciais em termos de desigualdades sociais; poder visual para ensinar a ordem racial e manter estruturas de poder intactas.

A oradora Elisabete Cátia Suzana é uma feminista negra baseada em Estocolmo, Suécia. É presidente da SAFE,  forum feminista negro da Suécia. Actualmente trabalha na universidade de Uppsala (Suécia).

O seu trabalho insere-se nos estudos críticos de raça e estudos críticos da branquitude (critical whiteness studies) sempre sob uma perspectiva interseccional.

 
feminismo negro