QUA, 10 de Dezembro 18h30 // Apresentação do Relatório 2014 do Observatório de Mulheres Assassinadas

No âmbito dos 16 dias de Activismo contra a Violência de Género, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista após a sessão de visionamento do documentário «A partir do Zero» produzido pelo findo Projecto ISI promovido pela UMAR  – União de Mulheres Alternativa e Resposta (com o apoio financeiro do POPH, QREN e FSE) e que contou com a presença da realizadora Margarida Cardoso e do comentário da Prof.ª Dália Costa, acolherá também, na próxima 4ª feira dia 10 de Dezembro, um outro evento a marcar a luta feminista diária da UMAR contra a violência de género.

logo_oma

Deste modo, no Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 de Dezembro pelas 18h30, serão apresentados e comentados os dados de 2014 do Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) da UMAR.

Referimos também que o OMA faz este ano 10 anos de actividade e que todos os relatórios anuais estão disponíveis para consulta gratuita no portal da UMAR http://www.umarfeminismos.org.

E com este acto, a nossa associação termina a sua intensa e empenhada campanha dos 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género de 2014. Contamos com a tua presença para este momento no dia 10 de Dezembro às 18h30 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa, Alcântara.

Podes também seguir e partilhar as nossas actividades no nosso facebook: http://www.facebook.com/CentroCulturaFeministaCCIFUMAR

01NOV2014
A 1 de Novembro de 2014 a UMAR, juntamente com a AMCV e APMJ promoveram uma acção evocativa em homenagem às mais de 400 mulheres contabilizadas pelo OMA desde 2004, assassinadas em Portugal pela mão dos seus (ex) companheiros íntimos. A acção decorreu em Lisboa, junto à Maternidade Alfredo da Costa.

 

 

Seg, 25 de Novembro 18h00 // Relatório do Observatório das Mulheres Assassinadas

Na próxima 2ª feira, dia 25 de Novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, o CCIF/UMAR acolhe a apresentação do relatório do Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, por Elisabete Brasil e restante equipa do observatório.

OMA 2013