Programação de Maio no CCIF/UMAR

Maio, maduro Maio…

Estando no início do mês, damos a conhecer a Programação Cultural Online do Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) para a qual te poderás desde já inscrever, seleccionando e indicando as actividades em que quererás participar, enviando essa informação para o seguinte e-mail: centroculturafeminista@gmail.com.

Em Maio, daremos seguimento aos nossos ciclos Leituras Partilhadas e Conversas Soltas, totalizando 6 sessões online. Os temas, centrados nas problemáticas que afectam a situação das mulheres em confinamento, abrangerão diferentes aspectos e serão abordados nos seguintes eixos: a crise nas artes e na cultura; literatura; educação; migrações e racismo/xenofobia; preconceito e discriminação com base no género e idade (sexismo idadista).

Neste seguimento, anunciamos que a primeira sessão de Maio decorrerá já na próxima 3ª feira, 5 de Maio, às 17h.

Esta 3.ª sessão do ciclo “Conversas Soltas” será uma oportunidade de debater e de trocar de experiências sobre um dos assuntos que está a afectar particularmente a vida das mulheres na actualidade: a educação em confinamento. Numa perspectiva de género procurar-se-á trocar experiências, conhecimentos e propostas sobre educação nesta fase, numa acção de reflexão conjunta.

undefined
Utilizaremos a plataforma Jitsi Meet, não necessitando de registo ou de instalação. O link de acesso para esta sessão está aqui.

Entra e junta-te às 17h da próxima terça-feira e/ou inscreve-te para as outras próximas actividades do mês de Maio!

Contamos contigo e/ou com a tua divulgação!

E é com 2 eventos que o CCIF/UMAR termina o chuvoso mês de Novembro….

Informamos que o nosso Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa apoiará a realização de duas actividades na tarde deste Sábado, 30 de Novembro.

– Às 15hconversa de carácter intimista e informal sobre a Violência contra as Mulheres, organizada pela Together 2 Change.

– Às 18h, a exibição seguida de debate do documentário School of Hope, que mostra a luta pela sobrevivência através da educação de jovens e crianças em Islamabade, no Paquistão, com a realizadora Helena Maria da Costa. Um debate importante sobre a realidade diária destas crianças e a sua esperança num mundo melhor. Uma iniciativa da SERVAS Portugal – Associação Portas Abertas.

A entrada é livre. Contamos contigo!

SEX, 21 SET 17h00 // Género e Memória Política. Uma Experiência na Croácia

Na próxima sexta-feira, 21 de Setembro às 17h00 teremos no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa (Alcântara) a sessão Género e Memória Política. Uma Experiência na Croácia”.

Esta sessão debruçar-se-á sobre a parceria e participação da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta no Campo Internacional de Verão, decorrido na Croácia de 18 a 31 de Agosto 2018, do projecto europeu “Venues of Victims. Venues of Perpetrators. Mapping, Decoding & Processing the Role of Historical-Civic Education in (European) Youth Work*”, sob coordenação da fundação alemã Europäische Jugendbildungs- und Jugendbegegnungsstätte Weimar – EJBW.

Joana Sales coordenadora da parceria portuguesa da UMAR, Carolina Moreira líder juvenil e as quatro jovens participantes relatarão e analisarão aspectos fulcrais desta experiência à luz da memória histórica contemporânea da Croácia (II Guerra Mundial, Socialismo de Estado, Guerra da Jugoslávia) numa perspectiva feminista e dos Direitos Humanos, e em articulação com os desafios políticos da actualidade.

41873196_10156254099909760_3880716944386555904_n

Entrada livre.

*Este projecto é financiado pelo Programa Erasmus + YOUTH IN ACTION, com o apoio de German Federal Agency for Civic Education (BpB) e Federal Government Commissioner for Culture and the Media (BKM).

 

 

QUI, 05 JUL, 18h // À Conversa com… Luísa Teotónio Pereira

No dia 5 de Julho, teremos no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), mais uma sessão do ciclo “À Conversa com…”, desta vez com a ex-dirigente do CIDAC – Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral e actualmente directora da rede europeia Global Education Network Europe (GENE) à roda de práticas de cidadania e dos ideais que lhe dão sentido. A facilitadora da tertúlia será Cristina Cruz, do CIDAC.

Luísa Teotónio Pereira 2

Entrada livre.

Esta semana no CCIF/UMAR… actividades imperdíveis dias 10 e 12 de Maio

Após a realização da Feira Feminista do Livro este fim-de-semana, decorrerão já esta semana, no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa (Alcântara), dois eventos de destaque, na 5.ª feira,10 de Maio às 18h e no Sábado, 12 de Maio às 15h.

QUI, 10 de Maio, 18h00 // À conversa com Carolina Leão sobre Educação Popular no Brasil

Carolina Leão é a convidada deste mês do ciclo “À Conversa Com…” cuja temática será a educação popular no Brasil.

Carolina Leão é investigadora no Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações/SOCIUS-ISEG-Universidade de Lisboa e no Laboratório de Estudos de Movimentos Sociais e Territorialidades, na Universidade Federal Fluminense.

Além de investigadora, é também activista e feminista, residindo há vários anos em Portugal. Actualmente é coordenadora e formadora do Projeto “EmPoderar: educação e participação das mulheres ciganas”, da REDE Portuguesa de Jovens para a Igualdade, co-financiado pelo Alto Comissariado para as Migrações.

Facilitadora: Olímpia Pinto, técnica na UMAR na área da educação.

Evento “Carolina Leão: Educação Popular no Brasil

Carolina Leão 10052018

SÁB, 12 de Maio, 15h00 // Múltiplas Discriminações: Trabalhadoras do Sexo

Neste Sábado, 12 de Maio terá lugar mais uma sessão do ciclo “Múltiplas Discriminações” do Projecto Memória e Feminismos da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta (apoiado com a pequena subvenção da CIG) sobre a(s) problemática(s) das trabalhadoras do sexo.

Trabalhadoras do Sexo_cartaz

Evento “Múltiplas Discriminações.Trabalhadoras do Sexo

Entrada livre para ambos os eventos.

TER, 27 JUN, 18h-20h // Workshop Violência no Namoro

Na próxima 3.ª feira, 27 de Junho, a Universidade Feminista organiza, juntamente com o Projecto Arthémis+ da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, um workshop no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) dirigido a profissionais que trabalham na área da violência de género, sobre violência no namoro.

O workshop será dinamizado pelas técnicas da UMAR, Ana Guerreiro e Tatiana Mendes.

A participação é gratuita, bastando inscrever-se para o e-mail universidadefeminista@gmail.com, indicando nome, contacto e profissão.

Ws Violencia Namoro

 

 

QUI, 28 JAN 18h30 // Apresentação do Livro “Mariana Coelho: uma educadora feminista luso-brasileira”

Na próxima 5.ª feira, 28 de Janeiro às 18h30, será apresentado no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa, Alcântara, o livro de Aires Antunes Diniz “Mariana Coelho, uma educadora feminista luso-brasileira”.

A sessão contará com a participação do autor (professor, co-fundador do Sindicato dos Professores da Guarda e investigador em História da Educação), bem como de Joana Sales (direcção da UMAR) e de Manuela Góis (professora feminista, pós-graduada em Ciências da Educação).

Sessão Mariana Coelho CCIF 28JAN2016

Entrada livre. Contamos com a tua presença e/ou divulgação!

 

E que Maio se inicie!

Abril está a terminar (informações e fotografias aqui) e o programa do Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) para o mês de Maio promete!

Teremos sessões com testemunhos inéditos com mulheres que participaram activamente nas lutas estudantis no tempo da ditadura (Sáb, 9) e de quem esteve na Conferência Mundial das Mulheres da ONU em Pequim de 1995 (Seg, 11). Em tempo de grave austeridade, profissionais de saúde farão o ponto de situação político dos direitos sexuais e reprodutivos em Portugal (Qui, 28) e ainda teremos dois workshops: um sobre como editar e publicar um e-book (Sex, 8) e outro sobre moda (Sáb, 16).

E que Maio se inicie!

CCIF MAIO 2015_finalMais informações sobre o CCIF/UMAR e notícias culturais em: www.facebook.com/CentroCulturaFeministaCCIFUMAR

22 de ABRIL, 18h30 // Feminismos e Literatura Infantil no Estado Espanhol

Na próxima 4.ª feira, 22 de Abril às 18h30 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) decorrerá a sessão “Feminismos e Literatura Infantil no Estado Espanhol: um olhar da História Literária e da História da Educação“, pela convidada Montserrat Pena – crítica literária e Prof.ª na Universidade de Santiago de Compostela.

A não perder!

Mais informações sobre a temática da sessão, aqui. Entrada livre!

cartaz_montserratpena_CCIF-UMAR

Montserrat Pena no CCIF/UMAR a 22 de Abril !

Foi publicado este mês um artigo no portal da Agenda Cultural de Lisboa sobre a sessão a decorrer na próxima 4.ª feira, 22 de Abril às 18h30 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), com a convidada Montserrat Pena – crítica literária e Prof.ª na Universidade de Santiago de Compostela, sobre “Feminismos e Literatura Infantil no Estado Espanhol: um olhar da História Literária e da História da Educação“.

Evento organizado em parceria com o Centro de Estudos Galegos Lisboa da FCSH-UNL e o apoio da Xunta de Galicia e Asociación de Escritoras-es en Lingua Galega.

Ver notícia, aqui

MPena_foto1

O movimento feminista, especialmente desde os últimos anos da década de 1970 e os primeiros da década de 1980, marcou decisivamente a literatura infantil e juvenil, dada a sua preocupação pela educação das meninas e a denúncia da discriminação que sofriam no sistema escolar.

Nessa época começaram a ser publicadas colecções dirigidas a atenuar esta desigualdade, mas também materiais, estudos e experiências específicas elaborados por mulheres socialmente activas no movimento.

Porém, a sua difusão foi com frequência realizada através de revistas feministas ou foros especializados e, portanto, as histórias “oficiais” silenciaram maioritariamente os seus significativos contributos.

Por este motivo, a palestra pretende recuperar estas experiências pioneiras para pôr em valor a importância e o legado do movimento feminista no que diz respeito aos livros para meninas e meninos.