Formação Pedagógica Inicial de Formadoras/es no CCIF/UMAR

Estimadas associadas da UMAR e amigas/os:

É com entusiasmo que divulgamos o primeiro Curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadoras/es promovido pela UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta em parceria com a Casa Do Brasil Lx , que terá lugar em Outubro e Novembro nas instalações do Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), às 3ªs e 5ªs feiras em horário pós-laboral e aos sábados.

Este curso, (antigo CAP) é uma mais-valia na formação pessoal e profissional de cada uma/um, que, para além da certificação das competências pedagógicas, procurará cruzar algumas questões de género com os respectivos conteúdos da formação.

Lembramos que o preço reduzido para associadas da UMAR e para associadas/os da Casa do Brasil deverá ter em conta o pagamento das quotas em dia.

Cronograma e ficha de inscrição, aqui:
http://www.umarfeminismos.org/index.php/component/content/article/33-temporario/844-formacao-pedagogica-inicial-de-formadorases

Cartaz

SÁB, 12 e 19 de Julho // Curso FALAR DA VIDA: abordagens biográficas, de memórias e histórias de vida

falar da vida

Curso a decorrer a 12 e 19 de Julho no Centro de Cultura e Intervenção Feminista, em Lisboa (Alcântara)

Apresentação:
Este curso apresenta uma perspetiva multifacetada para abordagens biográficas com recurso a testemunhos pessoais e coletivos, orais e escritos, documentais e iconográficos. Convoca as histórias de vida nas ciências sociais, especificidades de percursos e discursos, mas a par de mais registos. A tradição literária, diarística e auto/biográfica contribui igualmente para a reflexão sobre vidas e as suas narrativas, assim como metamorfoses em formas contemporâneas para falar da vida, do “eu” e de “nós” no ciberespaço e nos media – de écrans tradicionais e entrevistas jornalísticas, a narrativas digitais e mais usos dos novos suportes.

O curso decorre em dois módulos: o primeiro reúne coordenadas para o tema, referências e metodologias; o segundo foca narrativas, como se elaboram, estruturam, o que dizem e como. Os eixos da memória, identidade, subjetividade e reflexividade atravessam os módulos, havendo em cada um ilustrações com pesquisas e casos. Neste elenco, diversificado em termos sociais e culturais, também se considera a condição feminina e artística. Mulheres artistas de que se evocam algumas com marcas de singularidade na nossa história e atualidade (de Josefa d’Óbidos a Sarah Affonso e criadoras contemporâneas), entre outras figuras (Frida Kahlo e Sophie Calle, por exemplo).

Destinatárias/os:
Professoras/es, investigadoras/es e estudantes; profissionais de instituições e projectos associados à história oral, histórias de vida, condição feminina, arquivos e documentos pessoais; biógrafas/os, escritoras/es, jornalistas, editoras/es; autoras/es, artistas, programadoras/es e curadoras/es interessadas/os pela vertente biográfica; público em geral com o mesmo interesse.

Idalina Conde – Professora no ISCTE-IUL Instituto Universitário de Lisboa e investigadora do CIES – Centro de Investigação e Estudos de Sociologia. Tem um longo currículo nas áreas da sociologia da arte e da cultura, com diversas publicações sobre a abordagem biográfica e biografias de artistas. Foi fundadora, na sociologia portuguesa, da sociologia biográfica aplicada a percursos profissionais e singularidades da condição artística. Leciona sobre abordagens biográficas no ISCTE-IUL.  Perfil em https://iscte-iul.academia.edu/idalinaconde

PROGRAMA e HORÁRIO

O curso abrange 12 horas de formação, 6 para cada módulo: 

Módulo I: Abordagens biográficas // Sáb, 12 de Julho, 10h-13h/ 14h30-17h30
– Perspetivas, diversidade e complementaridade
– A vida em dimensões, contextos, conteúdos e narrativas
– Modos de fazer: materiais, metodologias e análises
– Ilustrações com pesquisas e casos

Módulo II – Memórias e narrativas // Sáb, 19 de Julho, 10h-13h/ 14h30-17h30
– A vida como discurso e discurso sobre a vida
– Eixos da narrativa: self-telling e self-making
– Figuras, enredos, arquiteturas, evidências, registos
– Ilustrações com pesquisas e casos
– Funcionamento, local e inscrições

PREÇO:
– Módulo I – 30 euros
– Módulo II – 30 euros
– Inscrição para os Módulos I e II – 50 euros

INSCRIÇÃO E PAGAMENTO:
A ficha de inscrição deve ser remetida para write.iccultura@gmail.com
As inscrições só são válidas após pagamento por transferência bancária para: NIB 0010 0000 244 333 600 01 22
As/os participantes devem guardar o comprovativo da transferência. Contacto: 96 006 75 34 (Fernando Ribeiro).