QUA, 2 DEZ 18h30 // Conversas Soltas: O Papel das Ex-Fanatecas na Prevenção e Combate à MGF

No âmbito do ciclo “Conversas Soltas” do Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIFUMAR) e do trabalho da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta desenvolvido ao longo de largos anos na área da Mutilação Genital Feminina (MGF) e do seu actual projecto “Intervenção Precoce em Igualdade” no concelho de Almada, anunciamos que a próxima sessão online será dedicada ao papel das ex-fanatecas na prevenção e combate à MGF.

Teremos como intervenientes: Alice Frade (P&D Factor); Eduardo Jaló (Associação dos Filhos e Amigos de Farim); Fatumata Djau Baldé (Comitê Nacional para o Abandono de Práticas Tradicionais Nefastas à Saúde da Mulher e Criança / Guiné-Bissau).

ALICE FRADE – Antropóloga e diretora executiva da P&D Factor – Associação para a Cooperação sobre População e Desenvolvimento, Alice Frade dedica-se a trabalhar em Advocacy e Cooperação para o Desenvolvimento há 14 anos. É autora e coautora de vários trabalhos nesta área, sobretudo nas temáticas da Educação, Saúde Sexual e Reprodutiva, População e Desenvolvimento e Direitos Humanos. Alice Frade é também consultora do programa “Príncipes do Nada”.

EDUARDO DJALÓ – Licenciado em Gestão e Administração Pública no ISCSP-UL. Presidente da Associação dos Filhos e Amigos de Farim desde 2014.

FATUMATA DJAU BALDÉ – É formada em Contabilidade e Mestre em Estudos legais pela ‘Atlantic International University. Activista de direitos humanos e dedicada na luta contra a prática de excisão feminina através da Organização Não Governamental – Comitê Nacional para o Abandono de Práticas Tradicionais Nefastas à Saúde da Mulher e Criança. Presidente do Comité e também membro da direcção executiva do Comité Inter Africano para Abandono das Práticas Tradicionais Nefastas à Saúde da Mulher e Criança.

Inscrições gratuitas para o e-mail: centroculturafeminista@gmail.com

Uma sessão a não perder!

Saudações feministas do CCIF/UMAR

SEX, 20 NOV 18H // Conversas Soltas: Mulheres na Música Galega e Portuguesa

No âmbito do ciclo do “Conversas Soltas” do Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIFUMAR) anunciamos a próxima sessão online para o dia 20 de Novembro às 18h, dedicada ao papel e contributo das mulheres na música galega e portuguesa.

Este evento do CCIF/UMAR conta também com a parceria da Academia Galega da Língua Portuguesa e da Associação Pró-Academia Galega da Língua Portuguesa.

As nossas convidadas serão as músicas e académicas Helena Marinho e Isabel Rei Samartim.

HELENA MARINHO – pianista, é Prof.ª associada no Departamento de Comunicação e Arte na Universidade de Aveiro e investigadora integrada do Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos de Música e Dança. Os seus interesses de pesquisa centram-se nas áreas da investigação em performance, e história e práticas da música portuguesa dos séculos XX e XXI.

Liderou entre 2017 e 2019 um projecto de investigação sobre mulheres intérpretes e compositoras portuguesas, financiado pela FCT e fundos europeus.

Helena Marinho

Helena Marinho intervirá nesta sessão sobre a temática das mulheres portuguesas na música erudita – séculos XX e XXI. Pretenderá apresentar e discutir uma breve contextualização dos constrangimentos e acção das mulheres no campo da música erudita, partindo de dados históricos e linhas transversais que caracterizam este percurso criativo ao longo do séc. XX e até aos nossos dias.

ISABEL SAMARTIM – guitarrista, Doutora em História da Arte pela Universidade de Santiago de Compostela com a tese A guitarra na Galiza, que trata a história da guitarra galega desde o século XII ao XIX. É Prof.ª no Conservatório Profissional de Música de Santiago de Compostela (actividade que combina com recitais de divulgação das mulheres guitarristas galegas) integrando também o Departamento de Música da Universidade do Minho (Braga, Portugal). 

É fundadora e patroa da Academia Galega da Língua Portuguesa e membro da Associação Colóquios da Lusofonia e do Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa.

Isabel Rei Samartim

Isabel Samartim intervirá sobre as mulheres guitarristas galegas dentro do contexto das mulheres músicas na Galiza, quem são elas, como decorreram as suas carreiras artísticas, a sua relação com Portugal, e em que contribuíram para o desenvolvimento da música galega, focando especialmente o século XIX. Em relação a isto, e se for de interesse, poderão tratar-se brevemente outras mulheres músicas mais actuais que destacaram pelo seu compromisso social e político. Haverá indicação de vídeos e áudios.

INSCRIÇÕES GRATUITAS para o e-mail centroculturafeminista@gmail.com Após inscrição será enviado link de acesso. Evento aqui.

TER, 27 OUT 18h // Sessão online “Conversas Soltas: Cancro da Mama”

No âmbito do Mês Internacional de Prevenção do Cancro da Mama, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) dedicará, na 3.ª feira 27 de Outubro às 18h, uma sessão online do ciclo “Conversas Soltas” a esta temática, com foco nas vivências destas pacientes numa perspectiva feminista.

Convidadas: Catarina Ramos, doutorada em Psicologia da Saúde, é Prof.ª no IUEM e no ISPA. acompanha mulheres com cancro da mama (individualmente e em grupo). É responsável pelos grupos terapêuticos do Núcleo Regional do Sul (NRS) da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC); Sofia Abreu, directora do Movimento Vencer e Viver do NRS da LPCC; Idalina Rodrigues, co-fundadora da UMAR e médica no Hospital de Santa Maria.

Inscrições gratuitas para o e-mail: centroculturafeminista@gmail.com

TER, 29 SET 18H // Conversas Soltas: Femicídios em Portugal durante a pandemia de Covid-19

Na próxima 3.ª feira, 29 de Setembro às 18h, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIFUMAR) retomará o seu ciclo online “Conversas Soltas” (dedicado a várias problemáticas que afectam os direitos das mulheres, em especial no contexto da actual pandemia) com o tema “Femicídios em Portugal durante a pandemia de Covid-19”.

As intervenientes, Camila Iglesias, Carolina Magalhães Dias e Cátia Pontedeira são membros do Observatório de Mulheres Assassinadas da UMAR e explorarão o seu último e recém-lançado relatório, analisando os dados de femicídios, tentativas de femicídios e ameaças de morte publicadas nos media entre os meses de Março e Maio de 2020.

Este e todos os anteriores Relatórios do Observatório de Mulheres Assassinadas estão disponíveis para consulta no site da UMAR em: www.umarfeminismos.org

As participações nesta conversa online são gratuitas, bastando enviar mensagem privada nas nossas páginas de facebook ou e-mail para: centroculturafeminista@gmail.com para depois podermos enviar o link de acesso.

Contamos convosco!

TER, 14 JUL 19H // Conversas Soltas: MGF em Tempos de Covid-19

Na próxima 3.ª feira, dia 14 de Julho às 19h (hora de Portugal Continental e Madeira), 18h (Açores e Guiné-Bissau) e 15h (Brasil) o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) no âmbito do seu ciclo semanal online “Conversas Soltas” realizará uma sessão sobre a situação da MGF – Mutilação Genital Feminina, em especial no contexto da Covid-19.

Para nos dar a conhecer melhor esta realidade e responder a questões, teremos connosco:
– Adama Baldé, CNAPN – Comité Nacional para o Abandono de Práticas Nefastas
– Alice Frade, P&D Factor – Cooperação sobre População e Desenvolvimento
– Eduardo Jaló, Associação dos Filhos e Amigos de Farim – AFAFC
– Lina Ramos, Associação dos Filhos e Amigos de Farim – AFAFC

 A moderação ficará a cargo de Janica Lopes e de Maria Amado, da UMAR. 

Inscrições (gratuitas) por mensagem privada na nossa página de facebook ou para o e-mail: centroculturafeminista@gmail.com

Será depois enviado às pessoas inscritas o link de participação, um pouco antes do início da sessão.

TER, 7 JUL 17h // Conversas Soltas: Saúde das Mulheres

Esta 3.ª feira, 7 de Julho, às 17h00, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) no âmbito do seu ciclo semanal online “Conversas Soltas” realizará uma sessão sobre a saúde das mulheres na actualidade. que contará com a participação de cinco médicas e profissionais de saúde: Adélia Pinhão, Ana Queirós, Eulália Pires, Idalina Rodrigues e Margarida Freire.

Numa perspectiva feminista, estas profissionais contextualizarão e reportarão a situação e principais desafios que as mulheres estão a enfrentar ao nível da saúde, nomeadamente todos os condicionalismos provocados pela pandemia de Covid-19. 
Inscrições para o e-mail: centroculturafeminista@gmail.com  

TER, 30 JUN, 17H // Conversas Soltas: Gordofobia

Na 3.ª feira, 30 de Junho, às 17h00, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) no âmbito do seu ciclo semanal online “Conversas Soltas”realizará uma sessão sobre a Gordofobia.

Temática pouco trabalhada no país, pretender-se-á neste webinar introduzir o controlo, objectificação, discriminação e até exclusão dos corpos gordos, considerados pela sociedade como fora do padrão ou até “abjectos”, identificando os impactos destas (micro-)agressões na vida e na saúde física e psicológica destas mulheres.

Também se falará de empoderamento e de activismo contra a gordofobia. 

Convidadas:  Gabriela Altaf psicóloga e argumentista, com tese de mestrado na UCP sobre a construção do feio na contemporaneidade e as vidas das mulheres que se consideram feias. Integra o núcleo de pesquisa Degenera – Desconstrução de Gêneros, da UERJ.

Neusa Sousa – repórter e produtora de conteúdos na RTP África. De origem são-tomense, é activista dos direitos e empoderamento de mulheres negras e africanas em Portugal. Fundadora do Chá de Beleza Afro.

Inscrições por mensagem privada nas nossas páginas de facebook, Instagram, ou para o e-mail: centroculturafeminista@gmail.com

TER, 23 JUN 17H // Conversas Soltas: As Mulheres no mês do Orgulho LGBTQIA+

Na próxima 3.ª feira, 23 de Junho, às 17h00, a o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) no âmbito do seu ciclo semanal online “Conversas Soltas” realizará uma sessão sobre a situação das mulheres e raparigas, no âmbito do mês do Orgulho LGBTQIA+, em especial no contexto da pandemia Covid-19.

Para nos dar a conhecer melhor esta realidade e responder a questões, teremos connosco as seguintes representantes: Ana Aresta, Presidente da  ILGA PortugalManuela Ferreira, Vice-Presidente da Amplos e Rita Paulos, fundadora e directora-executiva da Casa Qui.

Infelizmente a UMAR não poderá estar como habitualmente, agora em Junho nas marchas do Orgulho, nomeadamente nas de Lisboa e do Porto que se costumam realizar neste mês, mas esta actividade online será uma das formas de assinalarmos e de nos juntarmos nesta época tão simbólica, em torno das temáticas lbtqia+ numa perspectiva feminista e de conhecermos melhor a realidade e os desafios enfrentados por estas mulheres e raparigas, em especial nesta fase do (des)confinamento. 

Inscrições para o e-mail: centroculturafeminista@gmail.com  

Saudações feministas e anti-LGBTQIAfobia do CCIF/UMAR!

Iniciativas do CCIF/UMAR, dias 9 e 12 de Junho!!!

Na próxima semana, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) organizará mais duas iniciativas dos nossos regulares ciclos online, o “Conversas Soltas” e o “Leituras Partilhadas”.

TER, 9 JUNHO, 17H // CONVERSAS SOLTAS: HABITAÇÃO (sessão online)

A próxima sessão do ciclo semanal online Conversas Soltas, intitula-se “Habitação: das barracas à gentrificação” e realizar-se-á  na 3.ª feira, 9 de Junho às 17h. Focar-se-á sobre a problemática do actual direito à habitação numa perspectiva de género com foco na actual fase de pandemia de Covid-19. 

Para nos ajudar a conhecer melhor esta realidade e responder a questões, teremos connosco: Maria João Neves, da Plataforma Stop Despejos; Sara Fernandes da Habita! – Associação pelo Direito à Habitação e à Cidade e Vasco Barata, da Rés do Chão – Associação pelo Direito à Habitação.

Se o direito à habitação condigna é um direito de tod@s, porque continua vedado a tant@s? Como ultrapassar os desafios enfrentados por milhares de pessoas no plano habitacional, muitas delas mulheres e suas crianças? Que experiências, resistências e perspectivas de luta?
Inscrições para o e-mail centroculturafeminista@gmail.com

  • SEXTA, 12 JUNHO, 18H //  LEITURAS PARTILHADAS (sessão online)                                  

Terminamos a semana, na 6.ª feira 12 de Junho às 18h, com uma sessão do ciclo quinzenal online “Leituras Partilhadas” do CCIF/UMAR. O conceito é que cada pessoa escolha e leia, numa roda de leitura,  um texto, excerto de livro, artigo, poema ou citação que a marque.

O objectivo é a troca de reflexões e impressões sobre obras, autoras/es e/ou assuntos que nos movem numa perspectiva de género/feminista.

Inscrições para o e-mail: centroculturafeminista@gmail.com

Contamos com a tua participação e/ou divulgação!

Saudações feministas!

TER, 2 JUN 17H // Conversas Soltas: Dia Internacional das Trabalhadoras do Sexo

Na próxima terça-feira, 2 de Junho, às 17h, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), no âmbito do seu ciclo semanal “Conversas Soltas”, assinalará este dia histórico da luta pelos direitos das trabalhadoras do sexo.

Esta sessão decorrerá precisamente 45 anos após a revolta de 2 de Junho de 1975, quando mais 100 trabalhadoras do sexo ocuparam durante oito dias a igreja Saint-Nizier em Lyon (França) numa denúncia da total falta de condições sociais e laborais, do assédio policial e das explorações sofridas, reclamando por direitos e fim do estigma.

E em 2020, qual a situação actual desta comunidade em Portugal? Como estará a atravessar esta fase de (des)confinamento? Teremos como convidadas Carla Fernandes da Obra Social das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, Manuela Tavares da UMAR e Margarida Maria do Movimento dxs Trabalhadorxs do Sexo.

Inscrições para o e-mail centroculturafeminista@gmail.com ou por mensagem privada nas nossas páginas de facebook UMARfeminismos e CentroCulturaFeministaCCIFUMAR

Acompanha-nos na nossa página de facebook para ficares a par de outras notícias e iniciativas relevantes para uma cultura feminista.