NOVA DATA » QUA, 30 DEZ, 18h00 // LEITURAS PARTILHADAS: ESPECIAL CLARICE LISPECTOR

A sessão “Leituras Partilhadas” sobre Clarice Lispector no mês do centenário do seu nascimento, inicialmente prevista para 3.ª feira, 29 de Dezembro às 18h, por motivos de força maior e, agradecendo desde já a vossa compreensão, informamos que foi adiada um dia para 4.ª feira, 30 de Dezembro às 18h (hora de Lisboa) ou 15h (hora Brasil).

Nesta sessão online serão lidos e comentados excerto da sua obra literária, jornalística, cronística, correspondência, etc., de Clarice Lispector. Quem não conseguir trazer um texto para ler/comentar é na mesma muito bem-vinda/o! O importante será a reflexão e celebração entre todas/xs da sua obra.

Inscrições (gratuitas) para: centroculturafeminista@gmail.com

Esta será 2.ª iniciativa do Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em parceria com a CABE – Comissão de Apoio às Brasileiras no Exterior de homenagem à escritora e jornalista Clarice Lispector, no âmbito deste centenário de nascimento 1920-2020.

Nota: Para quem não pode estar no Webinar de dia 17 de Dezembro "Clarice Lispector: Vida e Obra" que contou com a moderação de Joana Sales e participação de quatro especialistas na sua obra: Silvana Bayma, Gleyda Cordeiro, Marcela Magalhães de Paula e Fernanda Drummond - poderá ver o vídeo publicado na página de facebook do CCIF/UMAR, aqui.

Muito obrigada pela compreensão e ver-nos-emos na 4.ª feira, 30 de Dezembro! Estamos ansiosas por vos conhecer e fazermos esta especial roda de leitura.📒
Um abraço da equipa do CCIF/UMAR e da CABE

TER, 29 DEZ, 18h00 // LEITURAS PARTILHADAS: ESPECIAL CLARICE LISPECTOR

Na 3.ª feira, 29 de Dezembro às 18h teremos a última actividade de 2020 do Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), a segunda dedicada a Clarice Lispector, em parceria com a CABE – Comissão de Apoio às Brasileiras no Exterior, no mês do centenário do nascimento da escritora.

Será uma edição especial do nosso ciclo “Leituras Partilhadas” sobre qualquer vertente da obra de Clarice Lispector (literária, jornalística, correspondência, etc.). Uma oportunidade de cruzar leituras, interpretações e impressões de vários textos que nos marcam da sua autoria.

  • Inscrições (gratuitas) para: centroculturafeminista@gmail.com

Para quem não teve oportunidade de ter participado no Webinar “Clarice Lispector: Vida e Obra” a 17 de Dezembro, com as investigadoras Silvana Bayma, Gleyda Cordeiro, Marcela Magalhães de Paula e Fernanda Drummond, poderá visualizar o vídeo na nossa página de facebook, aqui.

Até à próxima 3.ª feira, dia 29 de Dezembro às 18h!

QUI, 17 DEZ 18H (PT) 15H (BR) // Webinar “Clarice Lispector: Vida e Obra”

Esta semana, na 5.ª feira 17 de Dezembro às 18h (PT) 15h (BR), o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), em parceria com a CABE – Comissão de Apoio às Brasileiras no Exterior, realizará o primeiro evento de homenagem à escritora Clarice Lispector no âmbito do centenário do seu nascimento.

Será o Webinar “Clarice Lispector: Vida e Obra” com as convidadas Fernanda Drummond, Gleyda Cordeiro, Marcela Magalhães de Paula e Silvana Bayma. Elas trarão diferentes aspectos da obra de Clarice, da literária a jornalística, sem esquecer os aspectos sociais.

Não será necessária inscrição prévia. Utilizaremos a plataforma Zoom. LINK: https://zoom.us/j/97140690693
ID DO ZOOM: 971 4069 0693

Contamos convosco através deste link (supra) na 5. feira, 17 de Dezembro às 18h! 🙂

Saudações feministas!

TER, 19 MAIO, 17H // Conversas Soltas: Mulheres Migrantes em Tempos Difíceis

A quinta sessão online do ciclo semanal “Conversas Soltas” promovido pelo Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), será dedicada às mulheres migrantes.

Para enriquecer a conversa, três convidadas oriundas de distintos continentes, Cyntia de Paula (brasileira, Presidente da Casa do Brasil de Lisboa), Maria Dovigo (galega, professora, dirigente da UMAR) e Maria Amado (guineense, técnica da UMAR em projecto de intervenção contra a Mutilação Genital Feminina) intervirão sobre os impactos do Covid-19 na situação já de si mais vulnerável das mulheres imigrantes em Portugal.

Inscrições para o e-mail  centroculturafeminista@gmail.com ou por mensagem privada nas nossas páginas de facebook UMARfeminismos e CentroCulturaFeministaCCIFUMAR.

Saudações feministas

QUI, 31 OUT 16h00 // Assédio e Mulheres Migrantes

Na próxima 5.ª feira, 31 de Outubro entre as 16 e as 19h o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) acolherá a tertúlia “Assédio e Mulheres Migrantes” organizada em parceria da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta com a Casa do Brasil de Lisboa no âmbito do seu Projecto “Migrante Participa Fora de Portas – Caminhos para Igualdade”, baseando-se na experiência realizada no âmbito do Projecto Migrante Participa: Caminhos para Igualdade, ambos financiados pelo Programa de Apoio ao Associativismo Imigrante (PAAI).

Este Projecto e tertúlia pretendem fomentar espaços de partilha de experiências e conhecimentos sobre temas relacionados com as mulheres migrantes em Portugal.


undefined

Convidadas:
Andressa Lopes: Membro da Comissão de Apoio às Brasileiras no Exterior (CABE); Técnica da Casa do Brasil de Lisboa; Membro do Grupo Educar de Educação em Portugal; Membro da APEB Coimbra. Mestre em Direito (FDUC), Pesquisadora e Ativista na área de Direitos Humanos, Direitos das Mulheres e Direito Migratório.

Cátia Fortes: Licenciada em Psicologia e Criminologia e recentemente mestre em Criminologia, com tese sobre assédio sexual nas ruas portuguesas, com foco nas minorias étnicas. Colabora com várias organizações feministas e anti-racistas.

Joana Sales: Activista feminista interseccional, é membro da direcção da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta. Técnica de projectos sociais com enfoque no género, nomeadamente no projecto “Assédio Sexual. Quebrar Invisibilidades. Construir uma Cultura de Prevenção e Intervenção”, participou também na dinamização de iniciativas sobre o tema, como a Rota dos Feminismos contra o Assédio Sexual.

Num ambiente informal despenderemos uma tarde a trocar experiências, perspectivas e propostas sobre um tema que infelizmente toca a todas as mulheres e as migrantes com especial enfoque.

Entrada livre!



QUA, 26 JUN 18H // Mulheres Indígenas

Na próxima 4.ª feira, 26 de Junho às 18h, a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta organizará uma sessão no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa, subordinada ao tema das Mulheres Indígenas, no decurso do nosso trabalho/activismo e atenção para com esta(s) problemática(s).

Esta foi a temática escolhida para a Agenda Feminista 2019 da UMAR na qual constam testemunhos de activistas indígenas de diferentes latitudes que nos falam sobre as suas lutas e principais desafios.

Mulheres Indígenas_26062019_

Nesta sessão destacaremos as intervenções de representantes dos colectivos GUARANI KAIOWÁ SUPPORT NETWORK, FÓRUM INDÍGENA de LISBOA e PELA DEMOCRACIA NO BRASIL sobre a situação actual dos povos indígenas do Brasil.

No âmbito deste ser o Ano Internacional das Línguas Indígenas, proclamado pela UNESCO, também não deixaremos de lado a necessidade de conscientização para a preservação, revitalização, valorização e promoção destas línguas que continuam a desaparecer a um ritmo alarmante. Esta intervenção estará a cargo de Maria Dovigo da UMAR e da Academia Galega da Língua Portuguesa.

Andressa Lopes, co-fundadora do CABE – Combate ao Assédio a Brasileiras no Exterior e técnica na Casa do Brasil de Lisboa fará a moderação.

Contamos com a vossa presença e divulgação!
Entrada livre.

QUA, 1 Agosto, 19h00 // Pré-Lançamento em Portugal do documentário brasileiro PRIVILÉGIOS

Iniciaremos o mês de Agosto no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) com a estreia nacional do documentário brasileiro “Privilégios” que aborda questões relevantes sobre os privilégios existentes na sociedade e traz uma chamada para a reflexão de temas que abrangem as relações vinculadas às dinâmicas de género, raça e classe.

Seguir-se-á um debate com a participação da realizadora Rosa Miranda.

Privilégios 01082018

Entrada livre.

Evento, aqui.

TER, 3 JUL, 17-22h // SARAU DO FIM DO MUNDO – Música, Poesia, Performance, Instalações, Feira de Arte, Roupa, Acessórios, Gastronomia Brasileira e Turca…

EVENTO ESPECIAL – SARAU DO FIM DO MUNDO!

Esta 3.ª feira, 3 de Julho a partir das 17h00 (Recepção às 17h, início às 18h, término às 22h, entrada franca) no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR): Sarau do Fim do Mundo, pelo Colectivo Mãos de Cura!!!

Um evento único para celebrar e honrar a feminilidade e não-conformidade ao binário de género!

Juntes festejamos com música, poesia, performance, instalações, feira de arte, roupa e acessórios, e gastronomia Brasileira e Turca (com opções vegan e bebidas não-alcoólicas)!

36340012_2075361652679803_3254966898286133248_n

COM A PARTICIPAÇÃO ARTÍSTICA DE:

– Luana Júlia, Poeta, Atriz, Performer

– Darsy Art, Ilustração, Instalação

– Guilherme Henriques, Poeta, Ator, Performer

– Rex Timuroğlu – Maquilhador, Ilustrador, Performer

– John Kalagary – Intérprete, Performer, Escritora

– Waquilla Correia Negro – Diretora de Espetáculos, Atriz, Cantora, Escritora

COM A COLABORAÇÃO DE:

– Lolo Arziki, com uma proposta de moda sustentável.

– Bia Leonel, com Neith, marca especializada em colares de tecidos africanos e materiais reciclados.(https://www.instagram.com/neith_tecelagem).

– Maria Bruxxxa com Performance.

 

Evento, aqui. Contamos convosco!

SÁB, 23 de Junho // Seminário Final Múltiplas Discriminações

 

No próximo Sábado, 23 de Junho pelas 14h30, realizar-se-á no Centro de Cultura em Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa, o Seminário Final “Múltiplas Discriminações” da V Edição do Projecto Memória e Feminismos da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta.

No âmbito deste nosso projeto, foram dinamizadas ao longo do primeiro semestre de 2018, tertúlias sobre as problemáticas das múltiplas discriminações que muitas mulheres enfrentam, nomeadamente as relativas à sua orientação sexual, identidade de género, condição socioeconómica, origem étnica, país de origem e/ou identidade cultural.

Seminário Final Múltiplas Discriminações

Este evento contará com a participação da Sra. Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro e da Presidente da CIG – Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, Teresa Fragoso.

Evento, aqui.

PROGRAMA
14,30 – 15,30 SESSÃO DE ABERTURA

Maria José Magalhães, Presidente da UMAR
Teresa Sales, Coordenadora do Projeto Memória e Feminismos – Múltiplas Discriminações
Rosa Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade

15,30 -16,30 1º PAINEL INTERSECCIONALIDADES

– Liliana Rodrigues, (Professora Adjunta do ISAVE Instituto Superior de Saúde e Investigadora do Centro de Psicologia do Porto, CPUP)
– Manuel Carlos Silva, (Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais, Universidade do Minho – CICS.Nova UMinho)
– Maria José Magalhães, (Professora na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da UPorto)
Moderação: Manuela Tavares (CIEG/ISCPS-ULisboa, UMAR)

16,30 – 17 – Coffee-Break

17h – 18,00h 2º PAINEL – TESTEMUNHOS (Lésbicas e Trans, Imigrantes, Ciganas e Trabalhadoras do Sexo)
– Alexa Santos
– Cyntia de Paula
– Sónia Matos e Cláudia Vieira
– Fátima de Souza
Moderação: Teresa Sales

18h SESSÃO DE ENCERRAMENTO
– Joana Sales, Dirigente da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta
– Teresa Fragoso, Presidente da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género

Esta semana no CCIF/UMAR… actividades imperdíveis dias 10 e 12 de Maio

Após a realização da Feira Feminista do Livro este fim-de-semana, decorrerão já esta semana, no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa (Alcântara), dois eventos de destaque, na 5.ª feira,10 de Maio às 18h e no Sábado, 12 de Maio às 15h.

QUI, 10 de Maio, 18h00 // À conversa com Carolina Leão sobre Educação Popular no Brasil

Carolina Leão é a convidada deste mês do ciclo “À Conversa Com…” cuja temática será a educação popular no Brasil.

Carolina Leão é investigadora no Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações/SOCIUS-ISEG-Universidade de Lisboa e no Laboratório de Estudos de Movimentos Sociais e Territorialidades, na Universidade Federal Fluminense.

Além de investigadora, é também activista e feminista, residindo há vários anos em Portugal. Actualmente é coordenadora e formadora do Projeto “EmPoderar: educação e participação das mulheres ciganas”, da REDE Portuguesa de Jovens para a Igualdade, co-financiado pelo Alto Comissariado para as Migrações.

Facilitadora: Olímpia Pinto, técnica na UMAR na área da educação.

Evento “Carolina Leão: Educação Popular no Brasil

Carolina Leão 10052018

SÁB, 12 de Maio, 15h00 // Múltiplas Discriminações: Trabalhadoras do Sexo

Neste Sábado, 12 de Maio terá lugar mais uma sessão do ciclo “Múltiplas Discriminações” do Projecto Memória e Feminismos da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta (apoiado com a pequena subvenção da CIG) sobre a(s) problemática(s) das trabalhadoras do sexo.

Trabalhadoras do Sexo_cartaz

Evento “Múltiplas Discriminações.Trabalhadoras do Sexo

Entrada livre para ambos os eventos.