SÁB, 24 Março, 15h00 // Sessão Múltiplas Discriminações: Mulheres Ciganas

Mulheres Ciganas é o tema da terceira sessão do ciclo Múltiplas Discriminações que o Projecto Memória e Feminismos da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta está a organizar ao longo de 2018 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Alcântara, Lisboa.

Esta tertúlia decorrerá no Sábado, 24 de Março às 15h00 e contará com a participação de três activistas ciganas, de duas das principais associações de mulheres ciganas no país: a AMUCIP e o recente Centro ROMI.

Mulheres Ciganas 24032018

O que significa ser hoje uma mulher cigana em Portugal? Haverá diferenças na percepção do racismo, discriminação e oportunidades nestas mulheres? Será o tratamento recebido semelhante? O que falta (ou não) conquistar? Estas e outras questões relativas às identidades e direitos serão certamente abordadas neste espaço.

Entrada livre. Evento, aqui.

Anúncios

O CCIF/UMAR ao rubro! Eventos a não perder nos dias 13, 14 e 15 de Março.

O Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) estará ao rubro nesta semana. Iniciaremos os ciclos “Artes e Feminismos” e “Gerações em Diálogo” e acolheremos o “Newroz Party” do Festival de Cinema Curdo, do qual a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta é uma das entidades parceiras.

TER, 13 MARÇO, 18H00 // CICLO ARTES E FEMINISMOS, COM A PINTORA LENA GAL

Na 3.ª feira, 13 de Março daremos início ao Ciclo Artes e Feminismos, cuja primeira sessão contará com a participação da pintora Lena Gal. Entrada livre.

Lena Gal 13032018

QUA, 14 MARÇO, 19h00 // NEWROZ PARTY – Warm-Up do Festival de Cinema e Artes Curdas

Na 4.ª feira, 14 de Março acolheremos o evento “Newroz Party” que abre o 1. º Festival de Cinema e Artes Curdas em Portugal e que dará a conhecer muito da cultura curda (cinema, literatura, pintura e música) à cidade de Lisboa, durante o mês de Março. 

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta apoia este Festival cujo tema desta primeira edição são as mulheres enquanto transmissoras de valores e cultura às gerações mais novas.

Convidamos assim todas/os para celebrar o Newroz (festa da luz), onde teremos música e dança e partilharemos um lanche, assim como conversas sobre o Curdistão, as suas gentes, os seus costumes e as suas artes. Entrada livre.
Warm Up 14032018

QUI, 15 de MARÇO, 18h00 // CICLO GERAÇÕES EM DIÁLOGO, COM HISTORIADORA ALICE SAMARA E LEONOR ROSAS

Na 5.ª feira 15 de Março iniciaremos o Ciclo “Gerações em Diálogo” com a historiadora Alice Samara e sua filha, Leonor Rosas, estudante universitária. 

O objectivo deste ciclo será o de dar a conhecer, todos os meses, gerações de mulheres que se evidenciam pelos seus trajectos emancipatórios numa perspectiva também relacional, de aprendizagens e partilhas entre mulheres de gerações mais velhas e suas descendentes (filhas ou netas).

Ciclo Gerações em Diálogo 15032018

Contamos convosco e com a vossa divulgação.

Saudações feministas da UMAR!

SÁB, 06 Janeiro 17h00 // Em Dia de Reis falar de Rainhas: Irene Lisboa

Em Dia de Reis falar de Rainhas, já vai sendo uma tradição.

Este ano, sucedendo a personalidades como as escritoras Sophia de Mello Breyner Andresen, Natália Correia e Cláudia de Campos e a fotógrafa Ana Maria Holstein Beck, fala-se da escritora e pedagoga Irene Lisboa.                                                                            

Esta sessão sobre Irene Lisboa terá lugar no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) no dia 6 de Janeiro de 2018, a partir das 17.00h

Nascida a 25 de Dezembro de 1892 em Arruda dos Vinhos e falecida em Lisboa a 25 de Novembro de 1958, a autora de “Uma mão cheia de nada outra de coisa nenhuma”, de ideias progressistas e antifascistas, foi uma inovadora na área da educação infantil e uma das grandes vozes da literatura do seu tempo.

Irene Lisboa 06012018.jpg

Evento, aqui.                                                                                                                                Organização: Isabel Lousada / Luís Pinheiro
Parcerias: UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta
CICS.NOVA – Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da FCSH-UNLCLEPUL – Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Universidade de LisboaAMONET Associação Portuguesa de Mulheres Cientistas – MIMA

SÁB, 8 JUL, 14h30-18h00 // A voz de feministas num percurso de 40 anos

Este Sábado, Seminário do Projecto Memória e Feminismos “A voz de feministas num percurso de 40 anos”, promovido pela UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, com o apoio da pequena subvenção da CIG – Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, que decorrerá no dia 8 de Julho entre as 14h30 e as 18h00 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Alcântara, Lisboa.

O evento contará com as intervenções de:

  • Adriana Bebiano, Entre o recato e o escândalo a reivindicação do corpo pela escrita
  • Anália Torres, Feminismos: do ativismo à academia, reflexões a partir de um percurso pessoal
  • Eduarda Ferreira, Lésbicas e movimento feminista: presenças, partilhas e invisibilidades
  • Helena Neves, Revista Mulheres: aparição e escândalo
  • Manuela Tavares, 40 anos de percursos e desafios
  • Regina Tavares da Silva, Igualdade e direitos das mulheres – sinais de mudança na visão institucional
  • Teresa Sales, sessão de abertura e moderação do debate
  • Teresa Fragoso (Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género).

 

Entrada livre. Evento, aqui.

memorias_40_anos

Saudações feministas da UMAR

SEX 30JUN, SÁB 01JUL e DOM 02JUL // Primeiras Jornadas: Prisões e Mulheres

Inscrições ainda abertas, aqui.

Programa das Primeiras Jornadas “As Prisões e as Mulheres”

Sexta, 30 de Junho
18:00-18:30 / Abertura das Jornadas
18:30-21:00 / Tertúlia sobre prisões

Sábado, 1 de Julho
10:00-12:30 / Toda a prisão é uma prisão política
-Ana Costa de Almeida
-Aurora Rodrigues
-Grupo LPML-Maria de Lurdes

12:30-14:00 / Almoço Livre

14:00 – 14h30 Apresentações do livro “Mulheres Guerreiras”
14:30-16:30 / Prisões e Mulheres
-Catarina Fróis com apresentaçao do seu último livro
“Mulheres condenadas Histórias de dentro da Prisão”
https://escritores.online/mulheres-condenadas-historias-de…/
-Ricardo Loureiro – Direitos Humanos, Prisões e Mulheres

16:45-18:45 / Redes Familiares e Prisões
– Testemunho(s) de mulheres com familiares em prisão *
– Ana Sofia Freitas – Rede “Children of prisoners”
http://childrenofprisoners.eu/
– Carla Mendes – Projeto Trampolim E6G
19:00 / Documentário: Anti-Mulleres. Existir Mal
https://www.youtube.com/watch?v=t3cXOwF2FcM

Domingo, 2 de Julho
10:00-11:30 / Grupos de apoio e de resistência de mulheres presas
– Salhaketa
http://www.salhaketa.org/
-Mulheres encarceradas elas existem – Brasil *
https://elasexistem.wordpress.com/
-Pastoral Carcerária Nacional – Brasil*
http://carceraria.org.br/

12:00-13:30 / Perspectivas futuras conjuntas
-António Pedro Dores – Observatório Europeu das Prisões
-União de Mulheres Alternativa e Resposta- UMAR

As jornadas irão organizar-se em mesas redondas com pessoas convidadas para iniciarem o debate e reflexão colectiva entre todas.

mulheres e prisoes

SEX 30JUN, SÁB 01JUL e DOM 02JUL // Primeiras Jornadas: Prisões e Mulheres

e7056e_85dd1aced1f44d618a733939bd6268e8~mv2

As Primeiras Jornadas: Prisões e Mulheres têm origem no trabalho colectivo de diversas pessoas (com trabalho em associações, organizações e projetos académicos comprometidos com a defesas dos direitos das pessoas presas e suas famílias) que estão a organizar este evento com a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta e o OEP – Observatório Europeu das Prisões.

As Primeiras Jornadas: Prisões e Mulheres decorrerão em Lisboa, no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) no seguinte horário:

  • 6.ª feira, 30 de Junho (18h00-21h00)
  • Sábado, 1 de Julho (10h00-21h00)
  • Domingo, 2 de Julho (10h00-13h30)

Inscrições gratuitas mas obrigatórias, aqui.

Evento: www.facebook.com/jornadas.prisoes.mulheres.2017/

Portal do evento: https://jornadasprisoesemu.wixsite.com/2017

Programa: https://jornadasprisoesemu.wixsite.com/2017/programacao

mulheres e prisoes

QUI, 10 Nov 18h00 | Magusto Feminista!

Chegado o Outono convidamos-te para o nosso Magusto Feminista já esta semana, 5.ª feira 10 de Novembro às 18h! O Magusto Feminista realizar-se-á no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Alcântara.

E, este ano, temos uma surpresa especial… a actuação do Coro Feminino de Cante Alentejano “As Ceifeiras” que vem nesse dia directamente de Castro Verde animar o encontro/convívio!

Teremos também especialidades da época (castanhas, água-pé, enchidos, etc).

Para entrada, pedimos o valor simbólico de 5 “castanhas” por pessoa.

14956462_1228303223893040_8075220338050062072_n

QUI, 29 de Setembro // 5.º Aniversário do Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR)!!!

Na próxima 5.ª feira, 29 de Setembro, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista na cidade de Lisboa (CCIF/UMAR) faz 5 anos!

Desde Setembro de 2011, imensas, variadas e participadas actividades culturais e de intervenção, juntaram associadas, amigas/os, activistas, académicas/os e demais pessoas de vários quadrantes, de Portugal e do estrangeiro em torno dos feminismos.

Foram 5 anos de partilhas e de descobertas feitas em conjunto, a grande maioria de acesso livre, abertas a toda a população.

Vamos comemorar este 5.º aniversário, com um convívio onde também será apresentada a colecção bibliográfica infanto-juvenil feminista e inclusiva do Centro de Documentação e Arquivo Feminista da UMAR, prova de uma das principais prioridades da nossa associação: a igualdade e a desconstrução de estereótipos de género na educação.

Entrada livre!

ccif-2016-lucida-bright

Evento: www.facebook.com/events/1519529041407209/

Saudações feministas da UMAR

 

SÁB, 24 SET, 20h-23h // FEM TOUR TRUCK LISBOA no CCIF/UMAR!

logo-ftt

A nossa associação, UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, parceira em Lisboa do FEM TOUR TRUCK – Festival Internacional de Videoarte e Activismo Feminista, convida à participação na exibição da mostra de filmes de cariz feminista a decorrer no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) no próximo Sábado,  24 de Setembro, entre as 20h e as 23h.

Esta mostra aborda problemáticas como a violência de género, problemas de identidade, estereótipos e corpos colonizados, dando ênfase na visibilização de uma mulher forte, empoderada, livre e dona de si mesma.

A FEM TOUR TRUCK circula num camião que já percorreu as cidades de Bilbau e de Madrid, e que percorrerá esta semana Covilhã e Lisboa (Portugal) para depois seguir caminho para Valência, Barcelona, Vitória, chegando posteriormente a cidades da Colômbia, Equador e Perú.

 A organização deste evento é da Guerrilla Food Sound System e da MAV – Mujeres en las Artes Visuales.

Em Portugal conta com as parcerias da Associação CooLabora na Covilhã e da UMAR na cidade de Lisboa.

Ver aqui mais sobre esta mostra de filmes.

Contamos com a vossa presença, neste evento único! Entrada livre.
fem-truck-lisboa

Comemoração do 40.º Aniversário da UMAR – 12 de Setembro no CCIF/UMAR

Na próxima 2.ª feira, 12 de Setembro, a partir das 18h00, vamos estar juntas/os para comemorar os 40 anos da nossa associação feminista UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, com um encontro no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Alcântara, Lisboa.

Durante o convívio será apresentado um pequeno vídeo da história da UMAR e será lançada a Agenda Feminista 2017, entre outras surpresas.

Agradecemos, se possível, que as presenças sejam confirmadas para o e-mail umarfeminismos@gmail.com. Obrigada!

Saudações feministas da UMAR

40-anos-da-umar-ccif-12-set-2016