SÁB, 20 JAN, 15h00 // Múltiplas Discriminações: mulheres lésbicas e trans

Inserida no novo Ciclo de Tertúlias “Múltiplas Discriminações” a realizar-se no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) esta primeira actividade será dedicada à temática das discriminações das mulheres lésbicas, bissexuais e/ou trans.

As cinco convidadas, Alexa Santos, Clara Carvalho, Eduarda Ferreira, Isabel Bento e Júlia Mendes Pereira são activistas de referência nas lutas e movimentos associativos LGBTQI em Portugal.

Múltiplas Discriminações.png

Uma iniciativa do Projecto Memória e Feminismos da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, que já vai na sua sexta edição, ao abrigo da pequena subvenção da CIG. 

Entrada livre.

 

Anúncios

SEG, 15 JAN 18h00 // Debate “Violação, Crime Público?” com Clara Sottomayor e Elisabete Brasil

 

A violação como crime público não tem sido um assunto consensual entre vários sectores da sociedade portuguesa. A prová-lo, está o debate feito no Parlamento em 2014.

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, na sequência dos acontecimentos com jovens mulheres em Braga e no Porto em 2017, pretende reavivar este debate, procurando suscitar uma mudança que, dispensando a apresentação de queixa por parte da vítima, a possa também proteger.

Entendemos que a sociedade não pode invisibilizar mais este crime, ao colocar a responsabilidade nas vítimas e, por outro lado, que a justiça deve dar sinais inequívocos da sua condenação, não revitimizando as vítimas.

violacaocrimepublico

O debate no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) contará com a participação de Clara Sottomayor, juíza do Supremo Tribunal de Justiça e de Elisabete Brasil, Directora Executiva para a área da Violência de Género da UMAR.

Entrada livre.

Evento no Facebook, aqui.

 

SEX, 12 Jan 18h00 // A Jineolojî, Ciência das Mulheres e Jinwar – Aldeia de Mulheres Livres

Na próxima sexta-feira, dia 12 de Janeiro, pelas 18h00, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) irá acolher, em parceria com a Universidade Feminista e o Comité de Mulheres da Plataforma de Solidariedade com os povos do Curdistão, uma palestra/conversa sobre a Ciência das Mulheres, a Jineolojî, assim como sobre a primeira aldeia de mulheres livres do Médio Oriente, a Jinwar.

conversa_ciencia

Esta palestra será dinamizada por uma activista curda, Yasemin Andan, e será em língua inglesa (tentaremos ter tradução simultânea).

Sejam bem-vindos/as! Entrada livre.

*Cartaz da autoria de Las Piteadas

 

SÁB, 06 Janeiro 17h00 // Em Dia de Reis falar de Rainhas: Irene Lisboa

Em Dia de Reis falar de Rainhas, já vai sendo uma tradição.

Este ano, sucedendo a personalidades como as escritoras Sophia de Mello Breyner Andresen, Natália Correia e Cláudia de Campos e a fotógrafa Ana Maria Holstein Beck, fala-se da escritora e pedagoga Irene Lisboa.                                                                            

Esta sessão sobre Irene Lisboa terá lugar no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) no dia 6 de Janeiro de 2018, a partir das 17.00h

Nascida a 25 de Dezembro de 1892 em Arruda dos Vinhos e falecida em Lisboa a 25 de Novembro de 1958, a autora de “Uma mão cheia de nada outra de coisa nenhuma”, de ideias progressistas e antifascistas, foi uma inovadora na área da educação infantil e uma das grandes vozes da literatura do seu tempo.

Irene Lisboa 06012018.jpg

Evento, aqui.                                                                                                                                Organização: Isabel Lousada / Luís Pinheiro
Parcerias: UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta
CICS.NOVA – Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da FCSH-UNLCLEPUL – Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Universidade de LisboaAMONET Associação Portuguesa de Mulheres Cientistas – MIMA