Agenda Feminista 2015 da UMAR

AGENDA FEMINISTA 2015 da UMAR, uma óptima opção para entrar no ano novo, registar os novos compromissos, não esquecer e celebrar datas simbólicas, descobrir mulheres inspiradoras, oferecer, presentear… são muitas as razões para descobrir a 6ª Agenda Feminista da UMAR realizada no âmbito do Projecto Memória e Feminismos, dedicada a mulheres de Coimbra e do distrito de Setúbal que se destacaram pelo seu percurso de vida em prol da dignidade e dos direitos das mulheres.

A AGENDA FEMINISTA 2015 é uma edição tamanho de bolso, com elástico – dimensões 15 x 11cms. 

Pode ser requisitada em troca de donativo (3€ associadas, 4€ não associadas) no Centro de Cultura e Intervenção Feminista CCIF/UMAR  em qualquer delegação da UMAR ou para o e-mail: umar.sede@sapo.pt

capa

Anúncios

QUA, 10 de Dezembro 18h30 // Apresentação do Relatório 2014 do Observatório de Mulheres Assassinadas

No âmbito dos 16 dias de Activismo contra a Violência de Género, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista após a sessão de visionamento do documentário «A partir do Zero» produzido pelo findo Projecto ISI promovido pela UMAR  – União de Mulheres Alternativa e Resposta (com o apoio financeiro do POPH, QREN e FSE) e que contou com a presença da realizadora Margarida Cardoso e do comentário da Prof.ª Dália Costa, acolherá também, na próxima 4ª feira dia 10 de Dezembro, um outro evento a marcar a luta feminista diária da UMAR contra a violência de género.

logo_oma

Deste modo, no Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 de Dezembro pelas 18h30, serão apresentados e comentados os dados de 2014 do Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) da UMAR.

Referimos também que o OMA faz este ano 10 anos de actividade e que todos os relatórios anuais estão disponíveis para consulta gratuita no portal da UMAR http://www.umarfeminismos.org.

E com este acto, a nossa associação termina a sua intensa e empenhada campanha dos 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género de 2014. Contamos com a tua presença para este momento no dia 10 de Dezembro às 18h30 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa, Alcântara.

Podes também seguir e partilhar as nossas actividades no nosso facebook: http://www.facebook.com/CentroCulturaFeministaCCIFUMAR

01NOV2014
A 1 de Novembro de 2014 a UMAR, juntamente com a AMCV e APMJ promoveram uma acção evocativa em homenagem às mais de 400 mulheres contabilizadas pelo OMA desde 2004, assassinadas em Portugal pela mão dos seus (ex) companheiros íntimos. A acção decorreu em Lisboa, junto à Maternidade Alfredo da Costa.

 

 

SEX, 5 de Dezembro, 18h30 // Exibição do documentário “Partir do Zero”

Convite para o visionamento no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) na próxima 6ª feira, 5 de Dezembro pelas 18h30, do documentário “Partir do Zero” realizado por Margarida Cardoso no âmbito do projecto “ISI – Informar e Sensibilizar para a Intervenção Contra a Violência de Género”, promovido pela associação UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta.

Para este evento, contamos com a presença da realizadora Margarida Cardoso e o comentário de Dália Costa, Professora no ISCSP – ULisboa e vice-coordenadora do CIEG – Centro Interdisciplinar de Estudos de Género.

10409600_10152698295659760_4619815739500082758_n

SÁB, 22 de Novembro, 10h30-18h00 // Workshop “Nós os indivíduos”

No Sábado dia 22 de Novembro terá lugar no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) o workshop “Nós os indivíduos: condição, biografia e identidade na sociedade contemporânea” dinamizado pela socióloga e Prof.ª Idalina Conde.

Este workshop propõe uma reflexão sobre nós como indivíduos na sociedade contemporânea. Falar em nós convoca o elo dos indivíduos com o coletivo; contextos, pertenças e dimensões transversais nas nossas vidas, narrativas e identidades. É igualmente o elo para diálogos com o pensamento de Norbert Elias, grande autor que legou a visão não dicotómica sobre os individuos e a sociedade, e sobre o processo civilizacional. Que direcções e metamorfoses tem hoje esse processo, são questões abrangentes sobre nós como figurações complexas e que também enquadram um olhar atento a especificidades. A da condição feminina espaço tem lugar no programa e, mais amplamente, a problemática de género na cidadania contemporânea.

Inscrição obrigatória para: write.iccultura@gmail.com

Nós os individuos

SEG, 10 de Novembro, a partir das 18h00 // MAGUSTO FEMINISTA

O Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR), em Alcântara, abre portas à música, debate (sobre a paz no mundo, com elementos da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta e da associação internacional Servas) e castanhas assadas!

O MAGUSTO FEMINISTA pede 3 ‘castanhas’ de donativo à entrada e promete festa e comes e bebes até às tantas… Não faltes!

castanhas

SEX, 24 OUT, 18h00 // Evento Final do Projecto “Laboratório para a Igualdade através do Teatro Fórum”

No Evento Final do Projecto” Laboratório para a Igualdade através do Teatro Fórum”, serão apresentados os resultados dos laboratórios de Teatro do/a Oprimido/a realizados com mulheres sobre igualdade e violência de género e os produtos finais.

Haverá também uma exposição fotográfica e um delicioso lanche! 🙂

Este projecto foi uma parceria do Grupo de Teatro do Oprimido de Lisboa e a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta , entre 2013 e 2014.

A entrada é livre e o evento realizar-se-á no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Alcântara, um dos locais que acolheu os encontros dos Laboratórios para a Igualdade através do Teatro Fórum.

Convite evento final

QUA, 15 de Outubro, 18h30 // Apresentação do livro “Mulheres contra a Ditadura” de Cecília Honório

Na próxima 4ª FEIRA, 15 de OUTUBRO pelas 18H30, terá lugar no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) a apresentação do livro “AS MULHERES CONTRA DITADURA” da historiadora e deputada CECÍLIA HONÓRIO, com a participação da autora.

É preciso dizer que estas mulheres existiram, contavam e correram imensos riscos – Cecília Honório.

Sinopse:
Este trabalho destina-se a dar visibilidade às raparigas do Movimento de Unidade Democrática Juvenil (MUDJ, 1946-1957), que arriscaram, estiveram presas, leram livros proibidos, recrutaram, discursaram, militaram nas campanhas, discutiram animadamente nos cafés, e desafiaram até a moral e os bons costumes do tempo, com a sociabilidade mista, que juntava raparigas e rapazes nos passeios no campo, nos piqueniques, ou cantando Lopes Graça. Vai à procura das que começaram a sua vida política no MUDJ e das muitas que passaram da luz à sombra, mesmo quando não desistiram de lutar contra a ditadura.

MulheresContraaDitadura

Partilhamos aqui a entrevista de Nuno Ramos da Almeida a Cecília Honório publicada no Jornal I a 29/09/2014:
http://www.ionline.pt/artigos/liv/ceclia-honrio-preciso-dizer-estas-mulheres-existiram-contava

Contamos com a tua presença no dia 15 de Outubro às 18h30 no CCIF/UMAR!

SÁB, 4 OUT 15h00-20h00 // 3º Aniversário do CCIF/UMAR

Sábado 4 de Outubro, no âmbito do 3º aniversário do Centro de Cultura e Intervenção Feminista, será exibido às 19H00 o filme “EU DECIDO. O TREM DA LIBERDADE” realizado por um colectivo de mulheres cineastas contra a reforma da lei do aborto em Espanha.

Segue o programa do 3º aniversário do CCIF/UMAR com a calendarização de cada actividade. A abertura será às 15h e o programa, para as/os mais entusiastas, terminará já de noite, em modo de jantar e de convívio.

Apareçam!

CCIF aniversárioVF

QUI, 2 de Outubro, 18h30 // Apresentação do livro “27 Acrobacias sobre (quase) a mesma coisa”

O CCIF/UMAR e a ESDIME – Agência para o Desenvolvimento Local do Alentejo Sudoeste têm o prazer de anunciar o evento de apresentação do livro ’27 Acrobacias sobre (quase) a mesma coisa’ no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) na próxima 5ª feira, dia 2 de Outubro às 18h30.

Este livro compila o olhar e o trabalho sobre a igualdade de género de 27 escritores/as e artistas e foi editado no âmbito do projecto da ESDIME ‘Igualdade faz o meu Género’.

A sessão de apresentação contará com a participação de autores/as que colaboraram neste trabalho e constitui mais uma oportunidade para discutir e reflectir em conjunto sobre a temática.

Evento aqui. Contamos contigo!

27 Acrobacias